15 de abr de 2013

LIGAÇÕES PERIGOSAS, O JOGO DO BICHO E A CORRUPÇÃO

QUANDO SE FALA EM LEGALIZAÇÃO DOS JOGOS COMO FICAM OS BICHEIROS ?
JÁ IMAGINARAM O MINISTÉRIO DOS JOGOS COM O CABRAL OU GEDDEL ?
FILHO DE BANQUEIRO DE BICHO FOI EXECUTADO EM HOTEL NA BARRA
Muito se fala em Brasília sobre Legalização do Jogo, mas fica uma pergunta: "Quem vai administrar e como vão ficar os milhares de trabalhadores que vivem na e da contravenção?". E se o ministro que cuidará dos jogos for alguém do grupo Cabral/Cunha???
Em mais um assassinato que envolve pessoas ligadas aos jogos,  Haylton Carlos Scafura filho do banqueiro do jogo do bicho Piruinha foi executado junto com sua namorada dentro de Hotel na Barra da Tijuca. Horas depois Marcelo França amigo de Haylton foi morto a tiros na porta de seu bar no Cachambi, Zona Norte da cidade.
Há alguns anos Capitão Guimarães, Antônio Kalil o Turcão, Anísio da Beija Flor foram condenados a 25 anos por vários crimes pela juíza federal Ana Paula Vieira, na nova fase da Operação Furacão. Os três citados acima e mais 48 membros da rede criminal "Clube Barão de Drummond" que explora as máquinas caça-níqueis e o jogo do bicho.

 pagamento de propina foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved

O Clube dos bicheiros também julga situações de conflito por tomada de territórios e o direito de herdar os pontos quando da morte ou impedimento dos "donos de ponto".
As proibições aos "jogos de azar" vieram por pressão de órgãos ligados às várias igrejas, principalmente ao catolicismo. Em 1946 o presidente Eurico Dutra fez aprovar a lei que proíbe os jogos em todo o Brasil através do decreto-lei 9215, ainda em vigor. A Caixa Econômica, órgão do governo federal administra varias modalidades de jogos, principalmente a Mega-Sena em inúmeras lojas espalhadas em todo país. Apostas são feitas em cada esquina, os mais pobres nas casas lotéricas e nos pontos de bicho, e os mais favorecidos pela fortuna viajam três a quatro vezes por ano para perder seus dólares nos cassinos espalhados pelo mundo. Os menos abastados para Punta del Leste, no Uruguai, e os mais favorecidos para cruzeiros pela Europa. Apesar da intensa repressão todo o mundo ( ou quase todo mundo) faz sua fezinha alimentando sonhos, e espantando as frustrações.
Os banqueiros de bicho, verdadeiros mecenas pós-modernos financiam orfanatos, agremiações esportivas, policiais e políticos. O mecenato seria para o promotor Eckel Sérvio de Souza apenas um artificio para manipular a opinião pública. Seus agentes criaram um empresariado para dar suporte financeiro aos desfiles, inaugurando a era do luxo e da espetacularização do desfile, em função das luzes da televisão, colocando as escolas de samba em uma dimensão social e econômica inimaginável, que veio a se tornar uma importante moeda de troca.

photo Alcyr Cavalcanti all rights reserved

No carnaval 2014 alguns banqueiros de bicho voltaram ao Sambódromo. Ailton Guimarães, o Capitão Guimarães, Luiz Pacheco Drummond da Imperatriz Leopoldinense e Rogério Andrade da Mocidade Independente figuras importantes da Cúpula da Contravenção assistiram de camarote á maior festa popular do mundo, segundo seus patrocinadores. Quase todos os patronos estão com idade avançada, à exceção de Rogério com 50 anos. A preocupação é com a sucessão para os futuros carnavais. Rogério segue a tradição de seu tio Castor de Andrade, anda sempre cercado de seguranças,também pesa sobre ele a acusação de ser um dos chefes da exploração de maquinas de caça-níqueis, o que tem motivado disputas de sangue.

A entrevista do capitão do Exercito Ailton Guimarães Jorge patrono da Vila Isabel e durante muito tempo presidente da Liga Independente das Escolas de Samba-LIESA à Folha de São Paulo em janeiro de 1988, da qual extraí esse trecho é emblemática: "A nova organização se insere na filosofia global de privatização da economia, com o afastamento do Estado daquelas atividades que tanto o desgastam, em detrimento de outras funções de maior densidade social e que podem ser desenvolvidas pela iniciativa privada". Apesar desse discurso que mais parece pronunciado por um diretor do FMI fazendo apologia do Consenso de Washington e suas diretrizes, o processo de democratização que viria com a LIESA parece estar longe de ser realizado. A excessiva influência dos banqueiros de bicho é que parece dar as ordens no carnaval. Para Guimarães as regras não devem ser mudadas, os desfiles são um enorme sucesso. As ligações jogo do bicho com as escolas de samba é muito antiga, quase todas a s agremiações tem, ou tiveram um patrono ligado à contravenção. O Salgueiro teve como patronos Miro que foi sucedido por seu filho Maninho que morreu assassinado. A Portela foi durante muito tempo administrada por Natal, "o homem de um braço só", padrinho de forma ritual de dezenas de seguidores da escola de Madureira, assim como a vizinha Império Serrano que tinha Beto sem Braço como seu homem forte. Beto tinha ligações afetivas de parentesco com José Carlos dos Reis Encina, o Escadinha um dos homens de frente da rede criminal Comando Vermelho, que reinou durante muito tempo no Morro do Juramento em Vicente de Carvalho. Reza a lenda que Beto ajudou a deslindar alguns problemas contábeis da caixa do CV. Ele era perito em contabilidade.

apreensão de documentos  sede da liesa foto Alcyr Cavalcanti rights reserved



10 de abr de 2013

OS BICHOS FAZEM O JOGO E AS MORTES CONTINUAM

UM DOS ENVOLVIDOS NA MORTE  DO FILHO DE MANINHO É PROCURADO PELA POLÍCIA
ROGÉRIO ANDRADE ESCAPA DE ATENTADO A TIROS NO ITANHANGÁ
HÁ MESES ATRÁS HAYLTON SCAFURA FILHO DO BANQUEIRO DE BICHO  PIRUINHA EXECUTADO A TIROS JUNTO COM SUA NAMORADA EM HOTEL NA BARRA DA TIJUCA HORAS DEPOIS AMIGO DE HAYLTON É MORTO A TIROS
FILHO DO BICHEIRO MANINHO É MORTO A TIROS DURANTE SEQUESTRO
UMA NOVA CONFIGURAÇÃO NA GEOPOLÍTICA DO JOGO DO BICHO

Rogério Andrade  rep instagram
 
José Fabiano Santiago, 33 anos, um dos envolvidos na morte de Myro Paes Garcia O Myrinho é procurado pela Delegacia de Homicídios da Capital. Myrinho foi morto durante um sequestro.
castor de andrade com seguranças foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
Rogério Andrade patrono da ES Mocidade Independente sofreu uma atentado a tiros na noite de segunda dia 04/09/2017 quando se dirigia para sua residência no Condomínio Greenwood. Ele escapou com ferimentos leves, mas sua esposa Fabíola Nascimento foi ferida no braço e está hospitalizada no Barra D'Or. Alguns anos atrás Rogério foi alvo de um atentado quando explodiram seu automóvel, e teve muitos ferimentos e foi obrigado a fazer cirurgia plástica na face. Seu filho e um segurança morreram.
Haylton Carlos Scafura de 37 anos, filho do banqueiro de bicho José Carlos Scafura, o Piruinha um dos homens fortes da contravenção foi executado a tiros de pistola e fuzil em um apartamento de Haylton no Apart Hotel Transamérica na Barra da Tijuca. Ele estava em companhia da policial militar Francyene Soares, 27 anos que também foi executada. Ela era lotada na UPP da Rocinha. Haylton já havia sido preso em 2012 na Operação Black Ops em uma ação que visava prender pessoas que atuavam em máquinas caça niqueis. Horas depois uma pessoa de grande amizade com Haylton, Marcelo França foi assassinado a tiros quando fechava seu bar o Boteco do França na Rua Rocha Pita em Cachambi. Ele havia postado uma mensagem na rede social Instagram em homenagem ao amigo lamentando o falecimento.
 Há meses atrás e abril de 2017,    o filho do bicheiro Maninho, Myro Paes Garcia o Myrinho, 27 anos,  foi morto a tiros durante o pagamento de sequestro em um terreno em  Vargem Pequena. Foi mais um assassinato que envolve familiares do Clã Garcia que chegou ao auge com seu avô Waldemir Garcia, o Miro, patrono da Acadêmicos do Salgueiro. A disputa pelo controle dos pontos de bicho e máquinas caça níqueis tem levado a uma série de execuções em toda a cidade. O bairro mais atingido é o Recreio dos Bandeirantes atualmente uma terra de ninguém. O sargento PM Geraldo Antônio Pereira foi executado com tiros de fuzil por um bando de encapuzados que também feriram mais três pessoas quando entravam na Academia The Place localizada no Novo Rio Country no Recreio dos Bandeirantes. O presidente da Escola de Samba Portela de Madureira Marcos Vieira de Souza conhecido entre os amigos como Falcon foi assassinado em seu Comitê Eleitoral. Ele se preparava para a campanha de vereador na última eleição em 2016.  Marcos O ex-policial Helinho, braço direito de Álvaro Lins ex-chefe da Policia Civil, afastado por envolvimento com o crime organizado foi atingido e  hospitalizado. Em Copacabana Wilson Orofino dos Santos de 35 anos foi executado na manhã de quarta (19/04) quando passeava com seu cachorro na Rua Carvalho de Mendonça próximo à Rua Rodolfo Dantas e ao Hotel Copacabana Palace. Wilson, conhecido como Juca era filho do banqueiro de bicho Antônio Português dono de pontos na Zona Sul. Para o delegado Fabio Cardoso da Delegacia de Homicídios foi uma execução, que poderia estar ligada à disputa por pontos de bicho e exploração de máquinas caça-níqueis.
 Faço uma abordagem das densas relações entre jogo do bicho, samba e narcotráfico, que em algumas ocasiões termina em mortes, no livro "É Sexta de Carnaval" obra de minha autoria da Editora Frutos. Com a entrada de novos atores no lucrativo negócio, começa uma nova configuração em pontos de apostas em todo o estado, que vai ser novamente reconfigurada com entrada em massa de máquinas caça-níqueis e uma disputa de sangue. As máquinas de aparência inocente, um mero passatempo, podem ser vistas em vários pontos da cidade. Foram trazidas em meados dos anos oitenta pelo francês Julien Fillipedu, que seria ligado à Máfia Corsa através da firma Prodel Indústria e Comércio. A cúpula da contravenção de inicio contrária, passou a apoiar em definitivo as caça-níqueis, como forma de expandir suas atividades. Atualmente existe uma disputa pelo controle, que vem desde a morte de Paulo Roberto filho do capo de tutti capi Castor de Andrade. Parentes e membros da famiglia passam a disputar seu espólio, contando com o apoio de policiais e ex-policiais. Segundo levantamento feito pela Delegacia de Repressão a Ações Criminosas-DRACO, uma verdadeira tropa de mais de noventa homens fornecia proteção aos dois lados em disputa. Em 2006 um grupo armado invadiu o Bingo Coliseum em Realengo matando três operários e ferindo vários outros, e destruindo duzentas máquinas, causando prejuízo de vários milhões de reais.
Recentemente o assassinato de José Luis de Barros conhecido como Zé Personal trouxe a público uma disputa de sangue pelo domínio territorial, ele era casado com a filha do contraventor Maninho, herdeiro dos pontos de seu pai Miro, patrono do GRES Acadêmicos do Salgueiro. Maninho foi assassinado há três anos saindo de uma academia de ginástica. Zé Personal teve destino semelhante, foi executado com tiros de uma pistola calibre 40, de uso exclusivo da policia, junto com um amigo, dentro do Centro Espirita Seara do Caboclo Cipó em Jacarepaguá. Ele era dono de vários pontos de jogos na Zona Sul, e pretendia expandir seus negócios.

7 de abr de 2013

OS BICHOS FAZEM O JOGO

O jogo do bicho, uma instituição capital para o entendimento de alguns negócios no Brasil
Bicheiros vivem num prende-solta, brincadeira de gato e rato
Mariel o "Ringo do Asfalto"
O jogo do bicho uma instituição centenária tem sobrevivido apesar das investidas policiais. Suas histórias influenciaram as artes, e as universidades tem feito pesquisas e publicado estudos acadêmicos sobre sua atividade e suas relações. Desde o filme "Amei um Bicheiro" de Jorge Ileli até a novela "Pecado Mortal", sucesso da TV Record, a temática do jogo e suas relações com a sociedade são abordadas. O livro "É Sexta de Carnaval, O Ensaio é Geral" de Alcyr Cavalcanti uma obra de ficção, baseada em fatos reais, vai descrever as relações às vezes harmoniosas, às vezes de conflito entre o jogo do bicho, o samba e o comércio de venda de drogas no Rio de Janeiro.
O jogo do bicho foi criado em 1892 por um nobre, o Barão de Drummond, e passou a fazer parte da paisagem carioca. Os seus trabalhadores, os bicheiros, também conhecidos como apontadores ou aranhas,estão espalhados por toda a cidade, apesar de repressões eventuais, em uma espécie de prende-solta. Em estudo feito pela socióloga Elena Soarez em 1992 havia mais de três mil pontos no Rio de Janeiro e cerca de sessenta mil pessoas trabalhando diretamente no jogo. Essa maquina de fazer dinheiro é dividida geograficamente em cinco áreas principais: Zona Sul, Norte, Leopoldina, Centro e Rural, mantem uma loteria própria, a Paratodos.


Natal da Portela (de chapéu)   foto Alcyr Cavalcanti rights reserved
Embora atuem como agentes de mercadorias consideradas ilícitas, os banqueiros são ligados ao "mundo do samba", seja por meio de redes de solidariedade, ou por meio de relações de vizinhança, por serem moradores de uma mesma área.


Ponto de bicho em frente a secretaria de fazenda all rights reserved
A distribuição dos diversos pontos de apostas obedece a um critério rígido e tradicional: a descendência passando de pai para filho homem, de forma semelhante a algumas religiões primitivas, nas quais o ritual religioso era ministrado pelo filho mais velho. No caso do descendente não honrar com compromissos assumidos, a regra é clara: deve ser eliminado. O controle sobre os pontos de apostas nem sempre foi feito em paz e harmonia, e sua geografia não tem permanecido sempre a mesma. Uma série de assassinatos tem ocorrido nas últimas décadas, principalmente após a chegada das maquinas caça-níqueis, havendo uma verdadeira "guerra" pela tomada de pontos. A violência passou a ser uma constante principalmente após o assassinato do ex-policial Mariel Moryscotte de Mattos em 08/10/1981, e marca uma época de violência em toda a cidade, em que uma serie de mortes, fechamento de pontos, inúmeras prisões e a ascensão de pessoas que aparentemente não tinham nenhuma ligação com a contravenção se tornaram comuns. Mariel, um "Ringo do Asfalto" tenta tomar pontos de jogo em Niterói e morre assassinado em plena luz do dia, no centro da cidade. O ex- policial foi uma figura incomum, transitando pelos dois lados, ele foi um dos "homens de ouro" elite da policia carioca, e depois resolver ser um capo do jogo do bicho. Para o jornalista e escritor José Argolo ele foi "uma figura incomum em um teatro de absurdos".


Mariel o Ringo do Asfalto foto Alcyr Cavalcanti
Castor de Andrade e a cúpula da contravenção foto Alcyr all rights reserved
Na imagem feita em 1988 da esquerda p/ direita Luis Carlos Batista, Turcão (encoberto) Castor e Ailton Guimarães (de suéter). Após a morte de Castor, o capitão do exército Ailton Guimarães Jorge passa a se tornar a figura principal das escolas de samba no Brasil.


Raul Capitão dono do Jornal O Povo foto Alcyr Cvalcanti rights reserved

Raul Capitão dono de pontos de jogo do bicho no centro da cidade do Rio de Janeiro era um dos membros da cúpula da contravenção e foi também dono do jornal O Povo.

obras do pac

obras do pac
inicio de obras ao lado do ciep ayrton senna