15 de set de 2014

ATO EM DEFESA DA PETROBRÁS

ATO EM DEFESA DA PETROBRÁS NA CINELÂNDIA
atualizado em 17 de setembro
Paulo Roberto Costa preso na "Operação Lava Jato" depõe na CPI. Orientado pelos seus advogados nada diz, entra mudo e sai calado, para desespero da oposição e alegria de muitos.
Sindicalistas ligados à Federação dos Petroleiros-FUT e à Central Única dos Trabalhadores-CUT reuniram-se na Cinelândia na manhã da segunda feira 15 de setembro e foram até a sede da empresa na Avenida Chile
A Exploração em águas profundas na Camada do Pré-Sal tem sido motivo de intensa disputa desde os leilões de petróleo


A Petrobrás está envolvida em um clima de desconfiança depois das denuncias feitas por um ex-diretor Paulo Roberto Costa preso em março pela "Operação Lava Jato". Paulo Roberto espera o beneficio da delação premiada. Para o ex-presidente Lula em discurso feito na porta da empresa o ex-diretor Paulo Roberto deve ser julgado e se for considerado culpado deve ser condenado, opinião que reflete a voz das ruas que não suporta mais tantos escândalos envolvendo a estatal. A Policia Federal está investigando as denuncias e o envolvimento do doleiro Alberto Youssef com 25 políticos do PT, PMDB E PP, inclusive o ex-governador do Rio Sergio Cabral e a governadora Roseana Sarney, herdeira politica do Clã Sarney, no Maranhão. Paulo Roberto teria assumido o compromisso de devolver 23 milhões de dólares aos cofres públicos.
Postar um comentário

obras do pac

obras do pac
inicio de obras ao lado do ciep ayrton senna