5 de jul de 2015

CBF: A VANGUARDA DO ATRASO

UM ANO DEPOIS DOS 7X1 A CBF DIZ QUE TUDO VAI MELHORAR E CRIA O
CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGICO DO FUTEBOL BRASILEIRO
PIOR QUE ESTÁ NÃO PODE FICAR
DUNGA DIZ QUE DEVEMOS VER OS 7x1 PELO LADO POSITIVO
Enquanto a cúpula do futebol brasileiro tenta explicar o inexplicável ao criar um conselho para resolver a crise de nosso futebol ´para sair do fundo do poço, e o "professor Dunga" diz que "devemos ver a derrota pelo lado positivo", o Chile com uma seleção sem estrelas, sem estrelismo nem frescura, mas muito bem treinada pelo argentino Sampaoli bate os "poderosos" e sai com a taça da Copa América. Marco Polo Del Nero e Dunga tem razão, pior que está não pode ficar. Como solução a entidade que dirige e norteia os rumos do futebol brasileiro, realizou um seminário para qual foram convidados figuras de destaque no esporte das multidões que teve inicio segunda dia seis de julho. Técnicos, jogadores, jornalistas e dirigentes são chamados para tentar resolver os problemas da seleção. Enquanto isso o "Professor Dunga" e o coordenador Gilmar vão ser mantidos, estão prestigiados, e Júlio Cesar um dos goleiros mais vazados da "Copa das Copas" que fracassou em 2.000 e 2014 diz que vai voltar a ser titular absoluto.
A memória do brasileiro em algumas ocasiões funciona como memória seletiva. Só lembramos quando interessa. Na mudança do milênio, após o "apagão" de Ronaldo na Copa 98 na França e a derrota por 3X0, a CBF com apoio da Fundação Getúlio Vargas- FGV realizou com grande alarde o Seminário "Plano de Modernização do Futebol Brasileiro" em várias capitais do Brasil para nortear os rumos do futebol na época quatro vezes campeão do mundo. Participei de algumas reuniões, parecia muito bem organizado com palestras, alguns debates com pessoas ligadas ao esporte como Sócrates, Eurico Miranda, Parreira, e dirigentes da CBF. A vitória na Copa 2002, do pentacampeonato, poderia levar a crer que o futebol brasileiro era um primor de organização, afinal éramos e seríamos sempre os melhores do planeta, ninguém e nada poderiam nos impedir. Formávamos craques aos milhares, nossos jogadores eram supervalorizados. Mas começava o declínio e o desencanto, as derrotas vieram em cascata com algumas vitórias ilusórias, até as inesquecíveis derrotas por 7X1 e 3X0. Muita coisa deveria ser feita, mas provavelmente não vai. A CBF como o Brasil precisa de mudanças estruturais, onde oligarquias, verdadeiras "famiglias" dominam, organizam e logicamente "rapinam" tudo quais aves famintas que devoram tudo, não deixando pedra sobre pedra. Como temos uma tênue saída, uma fraquinha luz no fim do túnel e as mudanças aprofundadas não vão ser feitas, vamos torcer para que o Inquérito FIFA que apura irregularidades tenha algum resultado e chegue até aos dirigentes que norteiam os rumos cinzentos do que já foi o melhor futebol do mundo. Só assim os estádios voltarão a ser lotados em dia de clássicos, e o brasileiro volte a acreditar e a sonhar com a seleção brasileira de futebol e tenha orgulho de vestir a amarelinha, em vez de comprar a do Barcelona, da Juventus ou da seleção da Alemanha.
Postar um comentário

obras do pac

obras do pac
inicio de obras ao lado do ciep ayrton senna