5 de ago de 2015

PROTESTOS CONTRA OLIMPÍADA 2016

PROTESTOS COMEÇARAM HÁ UM ANO ATRÁS E CONTINUAM NA ABERTURA DOS JOGOS OLÍMPICOS
Exatamente um ano depois dos primeiros protestos, a luta continuou, acelerada com um presidente interino que não governa e um país imerso em grave crise.
Muitas obras que já deveriam estar prontas para beneficio da população, estão ainda em ritmo lento. Protestos contra os Jogos Olímpicos 2016 começaram em frente à Prefeitura na tarde de 05 de agosto de 2016 e se dirigiram para a sede do Rio 2016 horas depois que o prefeito Eduardo Paes e representantes do Comitê Olímpico lançavam oficialmente as obras para o evento internacional. Movimentos sociais lançaram a campanha "Olimpíadas Para Quem?" para protestar contra o descaso, obras inacabadas e superfaturadas, e o desrespeito aos direitos humanos promovidos pela Prefeitura do Rio, pelo Comitê Olímpico Internacional e os Governos Federal e Estadual. Para os organizadores o COI assim como a FIFA usa o esporte para satisfazer seus interesses escusos e aumentar a margem de lucro a qualquer preço, praticando remoções indevidas, deixando milhares de famílias ao desabrigo, como na recente invasão e remoção à força de moradores da Vila Autódromo. O movimento "Olimpíadas Para Quem?" vai promover uma série de atividades que vão culminar no dia sete de setembro com o "Grito dos Excluídos".

Em pleno Jogos Olímpicos a despoluição das Lagoas da Barra       e de Jacarepaguá não saiu do papel, pondo em risco os atletas que vem de todo planeta para competir, e principalmente os moradores que moram em sua proximidade. Em mais uma declaração com tom de deboche, as autoridades prometem a despoluição para 2030, uma prova do desprezo pela população que exige saneamento básico, e não viver cercado de esgotos.
Postar um comentário

obras do pac

obras do pac
inicio de obras ao lado do ciep ayrton senna