14 de nov de 2015

CAÇADA A ARAFAT

CARLOS JOSÉ DA SILVA FERNANDES É A BOLA DA VEZ
PMS DE SETE BATALHÕES INVADEM A PEDREIRA E DESMONTAM BARRICADAS
ADA EXPANDE SUA TEIA PARA NITERÓI E SÃO GONÇALO
Policiais militares de sete batalhões invadiram desde a manhã de sábado o Morro da Pedreira em Costa Barros após a morte do cabo Michel Lopes que trocou tiros com bandidos da Pedreira durante um roubo de cargas. O Morro da Pedreira é cercado por barricadas para impedir o acesso de inimigos. É chefiado por Carlos José Fernandes, conhecido por Arafat,  o criminoso mais procurado do Rio de Janeiro. A recompensa pelo seu paradeiro subiu para R$10mil e deve subir ainda mais. Arafat é fugitivo do sistema prisional, e segundo as autoridades é muito violento e matador de policiais. Em 2010 atirou uma granada em uma viatura policial, foi mal sucedido, a granada explodiu em sua mão e perdeu dois dedos.  Foi socorrido e levado por amigos para a Rocinha, que pertence à mesma rede criminal (ADA), na época chefiada por Antônio Bomfim Lopes o Nem, que conduziu Arafat para um hábil cirurgião no alto da favela, que evitou que perdesse toda mão. Play Boy na época chefe do tráfico e da mesma rede de Nem conhecia muito bem a Rocinha, já havia passado uma temporada na favela quando pertencia ao bando de Pedro Dom. Arafat chefia as favelas Jorge Turco e Final Feliz e era um "fiel" (homem de total confiança) de Celso Play Boy. Em um confronto com o Comando Vermelho tomou favelas de Barros Filho que estavam sob domínio da facção rival. A rede criminal Amigos dos Amigos-ADA é a facção que mais tem expandido sua teia em todo o estado. O secretário Mariano Beltrame diz que só vai invadir o Morro do Chapadão e instalar uma UPP no final de 2016, depois dos Jogos Olímpicos.
 
CAÇADA A ARAFAT
O sucessor de Play Boy é  o narcotraficante mais procurado atualmente pois estaria responsável pela série de roubo de cargas, inclusive de toneladas de dinamite de uma pedreira. Parte da carga foi recuperada na Favela Boa Vista no Fonseca, próxima a um dos acessos à ponte Rio-Niterói, um local estratégico. A rede criminal Amigos dos Amigos tomou alguns pontos de venda de drogas em Niterói que estavam em poder de grupos rivais, com fortalecimento de mais de cento e cinquenta homens e muitos "bicos", oriundos da Rocinha e da Pedreira. 
Postar um comentário

obras do pac

obras do pac
inicio de obras ao lado do ciep ayrton senna