16 de mar de 2016

NUVENS DENSAS RONDAM O PLANALTO

DECISÃO DO PRESIDENTE DA CÂMARA TUMULTUA BRASÍLIA
TEMER ESCOLHE MINISTROS COMO SE FOSSE PRESIDENTE
VICE PRESIDENTE SERIA EDUARDO CUNHA CHAMADO DE LADRÃO POR ANTHONY GAROTINHO
Com uma crise jamais vista, com a presidente Dilma sem poder governar efetivamente e um vice que se auto intitula presidente, o país parece uma nave sem rumo em dias  sombrios. O presidente interino da Câmara Valdir Maranhão em uma atitude inusitada anulou as sessões dos dias 15.16 e 17 de abril que davam prosseguimento ao pedido de impeachment da presidente Dilma. Para muitos foi uma atitude estapafúrdia digna das "Organizações Tabajara" um ato de comédia pastelão. O procurador geral Rodrigo Janot faz denúncia contra o ex-presidente Lula ao Supremo Tribunal Federal-STF por suspeitas em tentar induzir o silêncio de Nestor Cerveró, um dos delatores, que foi diretor da Petrobras, envolvido na Operação Lava-Jato. Para o procurador uma organização a nível criminal não poderia ter prosperado sem que o ex-presidente Lula tivesse conhecimento e mesmo participado.  Uma tese combatida pela presidente, mas que pode ser aceita devido á pressão por parte de muitos setores é a renúncia de Dilma, do vice Michel Temer e a realização de novas eleições daqui a alguns meses. Existe um medo generalizado de que o presidente da Câmara Eduardo Cunha venha a assumir a presidência, ele seria o vice presidente em caso do afastamento de Dilma e caso Temer venha a assumir. Em recente entrevista publicado em O Dia o ex-governador Garotinho disse que Cunha é um perigo iminente e que demitiu Eduardo Cunha quando era presidente da CEHAB por roubo, e falou taxativamente: "Cunha é ladrão e não poderia ser presidente da Câmara".
 Vários ministérios estão sem ministros em compasso de espera. No Turismo aconteceu um fato inusitado. A "primeira dama do Turismo" esposa do ministro Alessandro Golombiewski apareceu na posse com um vestido ousado para mostrar seus únicos dotes. Ela já foi "Miss Bunda 2013" que talvez seja um requisito essencial em nossas terras, em dias atuais.
O vice-presidente Michel Temer em conversa telefônica com amigos disse estar com absoluta certeza do impedimento da presidente Dilma e faz discurso como se tivesse sido eleito para  presidente da República. Mas a base de governo disse que ainda é muito cedo, e muita água vai rolar, que Temer vai ter de esperar, e nunca vai ser eleito pelo voto direto.  A presidente Dilma quando soube por meio de assessores do conteúdo das mensagens do vice disse ter ficado "estupefata" e que "caiu a máscara do Michel Temer" e que ficou de modo claro que existe uma conspiração chefiada pela dupla TemerX Cunha. Em mais uma fase da Operação Lava-Jato o "Caso Celso Daniel volta á tona. A 27a Fase chama-se 'Carbono 14" que vai investigar o caso do assassinato do ex-prefeito de Santo André mesmo depois de quatorze anos. O ex- ministro da educação Cid Gomes entregou pedido de impeachment contra o vice presidente Michel Temer na Câmara dos Deputados, fato que causou espanto junto ao PMDB e ao vice presidente, que achou "tudo deprimente". Com decisão feita por aclamação, o maior partido da base aliada, o PMDB desembarca da base de sustentação do governo e parte para oposição aos gritos de "Fora PT" em reunião decisiva feita hoje. O comentarista da TV Cultura Luiz Flavio Gomes resumiu a entrada triunfal do grupo de líderes do PMDB com uma frase: "Quando vi a entrada de Temer com ar de empáfia tendo ao lado Romero Jucá, Renan e  Cunha pensei logo: São 500 anos de cadeia".  A presidente Dilma Roussef não vai mais ao encontro do presidente dos Estados Unidos para evitar que Temer fique em seu lugar e não saia mais. Henrique Alves do Turismo pediu demissão e entregou o cargo. Mais de 5mil cargos do segundo e terceiro escalão devem ser entregues. Para Jorge Picciani a presidente teria perdido condições de governabilidade e rejeição de mais de 60% da população. Mas muitos não pensam assim e consideram puro oportunismo de um partido sem nenhuma ideologia que só pensa em cargos para poder manipular possíveis eleitores. O líder do PT Humberto Costa em discurso inflamado disse que o vice Temer, que faz tudo para assumir a presidência vai ser o próximo a cair.  Mais de 300 homens da Policia Federal cumprem mandados de busca e apreensão e condução coercitiva em vários estados em mais uma fase da Operação Lava-Jato, o foco principal da "Operação Xepa" foi a empreiteira Odebrecht. A presidente Dilma fez duro discurso atacando a oposição que estaria rasgando a constituição tramando contra a ordem constitucional, ao afirmar que não há nenhuma base para o pedido de impeachment e disse em alto e bom tom: "Não Vai Ter Golpe". O senador José Serra-PSDB teve encontro com o vice Michel Temer e já pensa em um futuro ministério caso a presidente Dilma seja afastada, embora ainda faltem muitos passos para o julgamento do processo para pedido de impeachment da presidente, que pode ser aprovado ou mesmo arquivado. Manifestações de apoio ao ex-presidente Lula, à presidente Dilma Roussef e contra o juiz Sérgio Moro reuniram milhares de pessoas em todas as capitais do país. Juiz concedeu liminar que impede posse de Lula como Ministro da Casa Civil. José Eduardo Cardoso diz que está com recurso para cassar a liminar. O juiz Itagiba Catta Preta que concedeu a liminar já havia se manifestado publicamente contra  a presidente e contra Lula e o PT. A presidente Dilma Roussef fez longo discurso durante a posse de Luiz Inácio Lula da Silva como ministro-chefe da Casa Civil, na prática um superministério. Criticou em especial os grampos feitos em conversas dela e de ministros pelos juízes da Operação Lava-Jato, "Estamos diante de um fato grave que afronta a democracia e que abre um precedente gravíssimo ". O vice Michel Temer não compareceu em represália ao ministro do PMDB que aceitou ministério, o que pode agravar a crise em Brasília. No inicio da tarde de ontem  grupo de manifestantes em frente ao Palácio do Planalto protestam contra a indicação de Lula anunciada pela presidente em coletiva. O número de pessoas foi aumentando e houve a tentativa de subir na rampa e entrar no palácio e foram impedidos pela guarda. A antecipação da posse para amanhã quinta e a divulgação de grampos telefônicos feitos em diálogos entre Lula e Dilma acirraram os ânimos. Na parte da tarde a presidente Dilma deu entrevista coletiva sobre mudanças de ministério e rumos da economia e principalmente em relação á vinda do ex-presidente Lula para o governo. O ex-presidente Luiz Inácio Lula vai assumir a Casa Civil da Presidência da República no lugar de Jacques Wagner com plenos poderes.  O cargo é de fato um ministério privilegiado, com um gabinete no palácio do Planalto um andar acima da sala da presidente Dilma que está reunida com Lula e ministros de sua confiança. Aloisio Mercadante ministro da educação e do círculo de pessoas da presidente, não foi chamado e pode perder o cargo por ter sido citado pelo senador Delcídio Amaral na delação premiada em gravações que podem comprometer mais ainda o Partido dos Trabalhadores e que desagradaram profundamente Dilma Roussef. Para ela a gravação se tornada a pública deveria ter sido na íntegra e não partes dela, que podem modificar o sentido da peça integral.
 
Na prática o ex-presidente Lula ameaçado de prisão preventiva na Operação Lava-Jato conduzida pelo Juiz Sergio Moro no Paraná pode ter seu processo transferido para o Supremo Tribunal Federal-STF com a prerrogativa de ser julgado em foro privilegiado. Para a oposição foi uma blindagem para proteção de Lula, e pretendem recorrer com o argumento de obstrução da justiça em benefício próprio. Poderia haver também mudanças na política econômica em relação ao crédito principalmente para pequenas e médias empresas.  Em relação às reservas Dilma disse que "Eu e Lula construímos nossas reservas. Existem apenas especulações que só beneficiam aqueles que querem desconstruir a nação".  E completou que vamos continuar firmes em relação ás nossas reservas, o resto são especulações e o Ministro Nelson Barbosa não vai sair do governo.  
Postar um comentário

obras do pac

obras do pac
inicio de obras ao lado do ciep ayrton senna