21 de abr de 2017

TODO DIA É DIA DE ÍNDIO

INDIOS PROTESTAM E TENTAM INVADIR CÂMARA DOS DEPUTADOS EM BRASILIA
NO DIA DO INDIO PROTESTOS  DA ALDEIA MARACANÃ NA CINELÂNDIA
 
O seu canto triste é o lamento de uma raça que já foi muito feliz
                                              Baby do Brasil
Mais de dois mil Índios de diversas etnias protestaram e foram rechaçados por força policial com bombas de gás lacrimogêneo em Brasília. Caixões foram colocados em forma de protesto contra a Demarcação de Terras Indígenas. No Rio de Janeiro para o governador Luiz Fernando Pezão nenhum dia é dia de índio. Um protesto marcou as solenidades em comemoração ao Dia do Índio em frente à Câmara de Vereadores no Centro do Rio. O prédio da "Aldeia Maraká'nà" (conforme os indígenas) tem mais de 140 anos de história, de inicio eram do genro de Dom Pedro II e depois com o advento da República as terras foram doadas para o Ministério da Agricultura para ser um centro de cultura indígena.
foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
Em 1953  o prédio passou a abrigar o Museu do Índio e durante  o governo militar o museu foi transferido para Botafogo. Em 2006 diversas etnias ocuparam o prédio que estava abandonado e o transformaram em uma aldeia, inclusive com plantio de ervas medicinais, e danças nativas.
foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
 
A partir dos megaeventos e principalmente da Copa do Mundo de 2014 foram feitas muitas obras e também muita repressão policial talvez para encobrir o enorme  desvio de verbas efetuado pelo governo Cabral. Para a construção da Arena Maracanã foi iniciado processo de remoção visando construção de um shopping e de um estacionamento que seriam parte das exigências contratuais. Os remanescentes protestam contra o descaso do governo estadual que não tem nenhuma política voltada para as diversas etnias indígenas que residem no estado e querem a reintegração do terreno que reivindicam como direito inalienável, como os verdadeiros donos da terra.
Postar um comentário

obras do pac

obras do pac
inicio de obras ao lado do ciep ayrton senna