29 de mai de 2017

TEMER ACOMPANHA CRISE INSTITUCIONAL

TEMER COMPARA POLÍTICOS COMO ELE A MÉDICOS QUE SALVAM VIDAS
TEMER PARA TER APOIO MODIFICA REGRAS DO QUE É TRABALHO ESCRAVO
JOESLEY DA JBS ACUSA TEMER DE "LADRÃO GERAL DA REPÚBLICA" E DOLEIRO LUCIO FUNARO VAI DELATAR GRUPO PALACIANO POR CORRUPÇÃO
EM MEIO À CRISE DEPUTADOS ALIADOS QUEREM MAIS DINHEIRO E CARGOS
Em mais um pronunciamento infeliz Temer compara políticos a médicos. Em seu entendimento políticos assim como médicos salvariam vidas, mas em realidade médicos lutam para salvar vidas seguem o mandamento de Hipócrates, mas os políticos aqui em Pindorama são Genocidas matam a três por dois, roubando verbas de hospitais, asilos, remédios, e exterminam milhões ano após ano e depois vão comemorar e comprar mais e mais votos.
  O Governo Temer faz mais uma medida contra toda uma população para satisfazer 220 deputados ruralistas e ter apoio para garantir sua presença no Planalto e muda os critérios de trabalho escravo. A medida causou muita polêmica e protestos em Brasília, juristas e principalmente o Ministério Público vão encaminhar relatório para anular a medida que vai contra todos os critérios do que é trabalho escravo.
Doleiro Funaro acusa Temer de receber dinheiro de propina e que presidente lavava dinheiro oriundo de corrupção. Eliseu Padilha era intermediário da dinheirama. O procurador Rodrigo Janot em seu discurso de despedida disse ter enfrentado um sistema altamente corrupto e que usava ministérios e órgãos públicos em proveito próprio. Temer está reunido com seus aliados, quase todos citados por formar "uma organização criminosa" que dependia sempre de Temer e Eduardo Cunha.
O Supremo há dias atrás esteve reunido para julgar pedido de advogados de Michel Temer que pediram afastamento do procurador Rodrigo Janot que segundo a defesa estaria agindo com imparcialidade e com único intuito de humilha-lo mas negou o pedido  e não viu nenhum motivo da alegação. O Doleiro Lucio Funaro disse que Temer era o elo principal no esquema de corrupção do grupo palaciano e que ele dava uma aparência de legalidade quando de fato eram ações criminais. O presidente Temer esteve na China para oferecer todas nossas riquezas a qualquer preço, mas acompanha atentamente o desenrolar dos acontecimentos em Brasília. As declarações de Joesley da JBS/Friboi repercutiram de modo negativo no grupo que está no país asiático  fez o presidente quase antecipar a volta para segunda feira, mas desistiu e manteve a agenda. Quando voltar vai ter reuniões para resolver a sanha de "aliados" de ocasião que querem dinheiro, cargos enfim o prometido por Temer para que votarem tudo que for acertado.
Joesley acusou Temer de "Ladrão Geral da República" e incapaz de se defender dos crimes de que foi acusado. O doleiro Lucio Funaro que fazia a lavagem do dinheiro da corrupção fez o acordo de delação premiada que vai envolver o grupo palaciano e pode chegar ao presidente, que esteve reunido com aliados, principalmente com Gilmar Mendes e Aécio Neves, que por enquanto escapou da prisão. Estão na tentativa de criar uma barreira contra as acusações do procurador Rodrigo Janot que vai sair da PGR daqui a uns dias. Um novo problema para Temer enfrentar é o indiciamento de um de seus mais fortes aliados. O senador Romero Jucá envolvido em mais de dez processos enfim vai ser julgado. E Gilmar pode ser afastado do caso do empresário Jacob Barata que esteve preso na Lava Jato.
 Em um evento no Encontro Nacional de Comércio Exterior no Rio de Janeiro Temer pediu aplausos ao afirmar que não vai aumentar alíquota de Imposto de Renda e que conseguiu botar o país no caminho certo, mas teve como resposta vaias e faixas e gritos de "Fora Temer". Militares protegiam o presidente que temia ser hostilizado e isolaram várias ruas próximas à Praça da Bandeira onde foi realizado o Encontro.
 O presidente depois da votação que barrou o processo de cassação vai agora para cooptar mais deputados para impor a Reforma da Previdência e massacrar de vez os milhões de trabalhadores. Mas em uma verdadeira e profunda Reforma Política nem pensar. Os seus aliados iriam quase todos para o xilindró por desonestidade entre outros deslizes.
Em uma cerimonia no Planalto o presidente ao final de seu discurso esperava aplausos, mas a plateia de convidados continuou em silêncio. Para quebrar o constrangimento Temer disse que na próxima vez Moreira Franco, um de seus fiéis teria de trazer uma claque para ouvir muitos aplausos.
Michel   Temer continua sua longa, mas firme caminhada para garimpar votos e mais votos a troco de raspar os cofres e dilapidar as nossas quase combalidas reservas. Somente no mês de julho liberou mais de R$ 2 bilhões e meio em uma farta distribuição para aprovação de emendas para deputados que fixassem ao seu lado. O deputado Pedro Paulo do PMDB-RJ foi um dos contemplados e vai receber R$ 10 milhões.
Temer trocou membros da Comissão que julgaria o relatório feito pelo deputado federal Sergio Zveiter de seu partido o PMDB, mas que incriminaria o presidente. Ao saber das dificuldades   antecipou sua volta da Alemanha para o Encontro do G20 em Hamburgo chegou em Brasília e procurou se informar sobre o que de fato está acontecendo. A semana está sendo muito tensa devido à retirada de vários deputados da base aliada o que tem deixado o presidente sem dormir, com reuniões e telefonemas até durante a madrugada. Temer tem cooptado deputados e senadores prometendo cargos e benesses para ter votos para barrar cassação e já conseguiu mudar 10 nomes, o que para alguns juristas é imoral e atitude não republicana. O problema é que o país tem tido verbas cortadas em setores essenciais mas o presidente distribui dinheiro a torto e a direito. O retorno antecipado causou surpresa a todos pois estava marcado o retorno para domingo. Ao ser perguntado pelos jornalistas como estava a crise da economia no Brasil Temer disse estar muito tranquilo "tranquilíssimo", que não existe nenhuma crise e o Brasil está retomando o crescimento. Mas como não poderia passar sem dizer nenhuma bobagem, em uma ato falho declarou uma única verdade que contradiz tudo que sua retórica vazia tentava afirmar quando disse "O país está retomando o desemprego". de fato já são quase 20 milhões de desempregados e muitos sub empregados.
Michel Temer viajou para Alemanha mas deixou seu fiel amigo e camarada senador Eunício de Oliveira como seu substituto na presidência. O atual presidente do Senado e Presidente da República por alguns dias  foi citado na Operação Lava-Jato como corrupto. O diretor da Odebrecht Cláudio Melo Filho afirmou em seu depoimento que Eunício era conhecido nos corredores da empresa como "Índio" e vinha sempre apanhar dinheiro para favorecer a Odebrecht com medidas provisórias e teria recebido de propina entre 2013 e 2014 mais de R$ 2 milhões de suborno.  Geddel Vieira Lima que sempre ocupou cargos importantes desde o governo do ex-presidente  Lula e atualmente era homem de confiança de Temer foi preso e transferido para o Presídio da Papuda sob a acusação de ser um "criminoso em série", ou seja sempre praticava crimes contra o patrimônio público.
O Procurador-Geral Rodrigo Janot em seminário da ABRAJI reafirmou que existem sim provas de corrupção no Planalto, que envolvem o presidente. O Ministro Celso de Mello no STF afirmou que "Cidadãos corruptos tem medo da autonomia do Ministério Público". Terça feira á noite o presidente foi até a casa do ministro do STF Gilmar Mendes para um encontro que não estava previsto na agenda oficial. Moreira Franco, seu fiel aliado, quando soube se apresentou rapidamente para dar sugestões. Temer indicou para substituir Rodrigo Janot na PGR a Procuradora Raquel Dodge que faz oposição a Janot e deve ser voto favorável ao presidente. O Procurador Geral Rodrigo Janot  apresentou denúncia contra Michel Temer por corrupção, segundo a denúncia Rodrigo Loures, que foi pego em flagrante com mala de meio milhão de reais, era o "Longa Manus" de Temer, ou seja o apanhador do dinheiro proveniente de suborno, o "homem da mala" de Temer. Para Janot é incompatível atitudes assim principalmente por ser o supremo mandatário da nação. Mas Temer se diz inocente e vítima de um complô, a mala de dinheiro não era para ele, nem receber um condenado na calada da noite não diz nada, argumenta.
As gafes da "Era Temer" continuam.  Ao discursar em um evento em Brasília para dar a impressão que não existe nenhuma crise Temer disse que fechou negócios com "empresários soviéticos", no entanto a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas acabou há muitos anos. Lá em Moscou não entoam mais a Internacional, nem o símbolo da Foice e do Martelo. Foi mais uma gafe lamentável.
Delegados Federais dizem que não vão aceitar a saída do delegado Leandro Aiello conforme pensaria o Ministro Torquato Jardim. A visita de Temer a Noruega foi marcada por uma sequência de gafes e também de protestos de ambientalistas pelo descaso em relação ao Meio Ambiente. O presidente causou constrangimento em Oslo ao falar de Parlamento Brasileiro, ao invés de Norueguês e para completar saudou a Suécia quando quis dizer Noruega.
A visita do presidente Michel Temer a Moscou foi para assuntos comerciais, em especial para comercialização da carne de nossos rebanhos, mas sempre tem se mantido atento à grave crise que atinge o país. Da Rússia após acordos comerciais o presidente desembarcou na Noruega, em Oslo sob críticas muito fortes à questão do Meio Ambiente, em especial em relação ao desmatamento da Floresta Amazônica. O ministro norueguês além de fortes críticas cortou verbas que deveria ter sido usadas para evitar o desmatamento, o que causou enorme mal estar para a representação brasileira. A Revista Época chamou Temer de "Chefe da Quadrilha Mais Perigosa do Brasil", em um país que vive ameaçado por vários grupos criminais.
 Temer fez um discurso nas redes sociais com receio de uma repercussão negativa de uma transmissão em rede televisiva. O resultado do julgamento no TSE já era previsto, Gilmar Mendes deu o voto de desempate que resultou em 4X3 a favor da manutenção da Chapa. Durante o julgamento aconteceram várias situações curiosas como a do Ministro Napoleão Maia Filho que disse que a solução seria "cortar a cabeça" dos mentirosos, especialmente contra ele, invocando procedimento usado pelo Estado Islâmico. O julgamento da Chapa Dilma/Temer foi marcada pelos embates entre o relator Herman Benjamin e o Ministro Gilmar Mendes que vivem a medir forças em um duelo verbal. Desde o início todos sabiam que haveria um empate entre os pró e contra a cassação da Chapa, mas que seria decidida a favor de Temer com o voto de desempate de Gilmar Mendes, com intervenções francamente favoráveis a Temer.
 Para o Procurador-Geral Rodrigo Janot Rodrigo Loures, homem de inteira confiança de Temer era um mero intermediário um executor de crimes planejados por outra pessoa, ou seja um longa manus. A prisão do ex-deputado Rodrigo Loures pela Policia Federal hoje sábado no início da manhã deixou Temer e o que restou de seu grupo sem saber o que fazer. Orientado por advogados pegou jatinho e foi para São Paulo pedir auxílio para seus advogados e principalmente ao governador Alckmin para ter apoio do PSDB. As artimanhas que o presidente Michel Temer tem feito em uma atitude desesperada e provavelmente sob a orientação de um dos ministros mais suspeitos de sua equipe de notáveis, Moreira Franco, não tem surtido o efeito desejado. O governo está nas últimas e o barco está fazendo água. Em mais uma "estratégia", que os colunistas amestrados enchem a boca quando pronunciam a palavra, o novo ministro disse que Temer não vai ser cassado, por total ausência de provas,  mas a maioria não pensa assim e nem o próprio suspeito. A posse de um de seus fieis, o novo ministro Torquato Jardim foi fria e de pouca receptividade, um vazio assustador. Para o ex-ministro da Justiça Osmar Serraglio que resolveu em ato de dignidade não fazer parte de um jogo escuso ( e perdido) a estratégia de Temer não tem dado certo, visto que ele é orientado por "trôpegos estrategistas", em uma clara referência ao tiro que saiu pela culatra.
  O Ministro Edson Fachin declarou que o presidente Michel Temer vai ter de depor no Supremo Tribunal Federal na Operação Lava-Jato no qual vai ser investigado  por corrupção, obstrução da justiça e formação de quadrilha e vai ter 24h de prazo quando receber a intimação. O deputado Osmar Serraglio não aceitou a sua indicação para o Ministério da Transparência na troca-troca ordenada por Temer e recusou em discurso frustrando as expectativas do presidente que está visivelmente abatido com mais um que abandona o barco, que já começa a fazer água. Com isso Rodrigo Loures vai ser processado e provavelmente entregar de bandeja tudo o que sabe sobre as manobras palacianas. Ontem   funcionários do Ministério da Transparência protestaram e ameaçam fazer greve e pedir afastamento se o ex-ministro da Justiça Osmar Serraglio assumir o Ministério, que é mais uma tentativa de Temer para barrar investigações que poderiam comprometê-lo.  Michel Temer esteve reunido à tarde com o novo Ministro da Justiça Torquato Jardim, recém nomeado por ele. Em uma nova manobra o presidente Temer fez uma inusitada troca de ministros, o da Justiça vai para o Ministério da Transparência e o da Transparência vai para a Justiça. O ministro Osmar Serraglio que não conseguiu impedir manifestações que pedem o afastamento de Temer e as investigações da Policia Federal, principalmente depois da prisão de mais um assessor, Tadeu Filipelli, além de dois ex-governadores rapidamente foi afastado do Ministério da Justiça . A nomeação de Torquato Jardim para um importante ministério como o da Justiça, que tem a Policia Federal a ele subordinada preocupa a Associação de Delegados Federais que acreditam que as investigações referentes à corrupção na Operação Lava-Jato possam ser prejudicadas, visto que o novo ministro Torquato Jardim tem restrições à velocidade das apurações sobre corrupção feitas pelos agentes federais. Na nota emitida pelos delegados dizem que Torquato Jardim não tem nenhuma proposta para a pasta.
Brasília tem dias sombrios
 
Para muitos críticos foi um malabarismo para tentar livrar o deputado suplente Rodrigo Loures da prisão devido à perda da imunidade parlamentar (foro privilegiado) que já teria combinado uma delação premiada que poderia envolver não só Michel Temer, mas inúmeros aliados. Loures é suplente e entrou na vaga de Osmar Serraglio do PMDB do Paraná que só não voltou para a Câmara dos Deputados porque iria falar tudo que sabe, ele é um dos homens de inteira confiança do Planalto.
Temer e seu grupo correm contra o tempo, estão reunidos dia e noite, principalmente na calada da noite, da mesma forma do encontro furtivo entre o dono da Friboi Joesley Batista na conversa reservada do dono da carne e o presidente em sua residência, o que revela uma intimidade mais do que suspeita entre um criminoso que fez uma delação premiada e o supremo mandatário da Nação. Mas Temer tem trocado ideias com o Ministro Gilmar Mendes através de mensageiros fiéis para tentar escapar da "guilhotina", que para alguns cientistas políticos vai chegar a seu pescoço. .  

23 de mai de 2017

ASSESSOR DE TEMER PRESO PELA FEDERAL FOI SOLTO POR ORDENS DO SUPREMO

POLICIA FEDERAL FAZ BUSCA NO GABINETE DE LUCIO VIEIRA IRMÃO DE GEDDEL
JOESLEY BATISTA CONFIRMA: DINHEIRO DA MALA ERA PARA MICHEL TEMER E QUE "TEMER É CHEFE DE QUADRILHA MUITO PERIGOSA"
 RODRIGO LOURES. O HOMEM BOMBA AINDA NÃO "ABRIU O LIVRO"
Geddel Vieira Lima, homem de confiança plena de Michel Temer e membro do grupo palaciano íntimo do presidente atualmente preso vai ter de dar explicações sobre um apartamento em Salvador que servia como banco particular, ou cofre forte de Geddel. Geddel é considerado "chefe da quadrilha" ligada ao PMDB e que tinha livre transito no Planalto. No entanto Renan Calheiros que conhece a fundo as negociações afirmou aos repórtere4s em alto e bom som "O chefe da quadrilha não é o Geddel, de jeito nenhum, o chefe da quadrilha  começa com T" .O deputado  Lucio Vieira Lima irmão de Geddel teve seu gabinete vasculhado pela Federal por ordem da PGR ou seja, a procuradora Raquel Dodge para encontrar explicações dos milhões encontrados no apartamento em Salvador. Lucio Funaro deu detalhes da roubalheira envolvendo Geddel e também Eduardo Cunha.
O "Homem da Mala" de meio milhão já está em sua residência, ontem passou mal na carceragem da Federal, mas seu advogado disse que ele não vai delatar ninguém e principalmente para quem seria destinado o dinheiro da corrupção. Horas depois o ministro Edson Fachin do STF deu ordens para Rocha Loures ser liberado em prisão domiciliar.  Joesley Batista dono da Friboi que acusa o presidente Temer de viver pedindo dinheiro foi internado ás pressas com fortes dores. Temer acusa Joesley  diz que foi caluniado, pede reparação monetária e vai processá-lo. Em novo depoimento o dono da Friboi Joesley Batista confirmou depoimento anterior em que reafirma que o 'Homem da Mala" de meio milhão de reais  era apenas um maleiro, um Malaquias, e o dinheiro era para o presidente Temer. Joesley disse que tudo que ´foi dito em depoimento anterior é verdadeiro e a gravação é a prova da corrupção e acrescentou "Temer é chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil".
 Mas o presidente nega tudo e seus aliados comandados por Moreira Franco envolvido em mais de dez acusações afirma em alto e bom som que não existem provas, embora a prova do crime, ou seja a mala com meio milhão tenha sido apreendida pela Policia Federal.
PSDB faz acordo com Temer e  PMDB para não perder as benesses e principalmente para Aécio Neves não ficar preso na Papuda, alguns dizem que é a "Democracia de Coalizão". O ex-ministro Henrique Eduardo Alves mais um "notável"que foi Ministro do Turismo de Dilma e de Temer foi preso pela Policia Federal sob acusação de corrupção em estádio da Copa do Mundo e outras irregularidades. Mais um da base aliada que vai aos poucos se esfacelando, apesar de faltarem ainda uns setenta, no mínimo. 
O Procurador -Geral Rodrigo Janot pediu prisão imediata para o ex-deputado Rodrigo Loures, assessor especial e homem de total confiança de Michel Temer. Seu gabinete funcionava no mesmo andar do gabinete da presidência, e sabe-se que sendo um dos fieis de Temer, se pressionado pode revelar tudo e jogar Temer em um buraco sem saída.
Em  mais uma manobra escusa e suja que por eufemismo chamam de estratégia. Temer trocou de pasta o Ministro da Justiça com o da Transparência para evitar que Rodrigo Lures retorne à suplência, perca a imunidade parlamentar, comece a "abrir o bico" e resolva revelar tudo o que sabe. O novo Ministro da Justiça esteve reunido segunda 29/05 durante boa parte da tarde para combinar a "estratégia", para eles um jogo de xadrez, mas para os mais de 200 milhões de brasileiros uma manobra escusa que visa escapar de uma condenação. Mas a jogada escusa não seu certo e Osmar Serraglio não aceitou a troca e Rodrigo Loures sem imunidade deve ser preso por ordem do Procurador-Geral.
A semana amanheceu agitada em Brasília com agentes da Policial Federal que cumprem vários mandados de prisão na Operação Panatenaico que apura uma organização criminosa que fez um rombo nos cofres públicos de cerca de R$ 900 milhões relativos ao superfaturamento nas obras do estádio Mané Garrincha. O nome da operação é uma alusão aos jogos anteriores aos Jogos Olímpicos realizados no Stadium Panatenaico na Grécia Antiga. Entre as várias prisões estão os ex-governadores Agnelo Queiroz-PT, José Roberto Arruda-PR e Tadeu Filipelli assessor especial do presidente Michel Temer. Uma das muitas malas de dinheiro para comprar políticos corruptos apareceu. Era a mala de Rodrigo Loures, mas dos R$ 500 só apareceram R$ 465, o restante  provavelmente "o gato comeu" ou evaporou e depois de muita pressão e dias depois apareceu misteriosamente.
foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
É mais um do grupo de Temer que vai para trás das grades. José Roberto Arruda já esteve envolvido em inúmeras irregularidades e foi investigado na "Operação Caixa de Pandora" por desvios de grandes quantias de dinheiro em obras públicas.
 
 A Copa do Mundo 2014 não tem trazido boas recordações para os brasileiros. Além da sofrida derrota da seleção brasileira de futebol por 7X1 para Alemanha, houve a construção de um número excessivo de estádios doze, quando bastavam oito, que eram as chaves em que estavam os países participantes. O estádio Mané Garrincha foi o campeão da malversação de verbas, de quase R$ 900 milhões a mais, em uma previsão de orçamento de R$ 600 milhões deu um salto fantástico para quase R$ 1600 bilhões, exatamente R$1575 bilhões superando em muito o superfaturamento da obra do estádio do Maracanã um dos motivos da prisão e do desmantelamento do grupo político do ex-governador Sérgio Cabral agora trancafiado desde o ano passado. É possível que surjam alguns outros  envolvidos em obras dos outros dez estádios construídos de norte s sul do Brasil.

18 de mai de 2017

MILHÕES PEDEM SAÍDA DE TEMER MAS DEPUTADOS QUEREM QUE ELE FIQUE

TEMER ASSINA PORTARIA EM TROCA DE VOTOS QUE PERMITE TRABALHO ESCRAVO
MAIS DE 95%% QUEREM QUE TEMER SEJA INVESTIGADO POR CORRUPÇÃO
MAS DEPUTADOS NÃO QUEREM QUE ELE SEJA PRESO
 PRISÃO DO "HOMEM DA MALA" ASSSESSOR ESPECIAL DE TEMER NÃO INFLUI NO JULGAMENTO DE TEMER
ORDEM DOS ADVOGADOS PEDE IMPEACHMENT DE TEMER QUE VAI SER INVESTIGADO POR CORRUPÇÃO E FORMAÇÃO DE QUADRILHA PELO SUPREMO TRIBUNAL E DEVE SER CASSADO
A grande maioria da população quer que o presidente seja julgado pelos crimes cometidos durante seu mandato. Em mais um golpe contra a população Temer assina portaria que permite trabalho escravo para atender os mais de 200 deputados da Bancada Ruralista e garantir ampla vitória no Congresso.
Até na abertura do Rock in Rio durante a fala da modelo Gisele Bunchen sobre a preservação de nossas florestas os gritos foram de "Fora Temer". Mas os  deputados "aliados" não querem que seja julgado e o novo processo pode ser da mesma forma que o primeiro, arquivado. Em recente pesquisa mais de 95% querem que seja julgado culpado, ou inocente, mas uma série de deputados contemplados com verbas e benesses vai votar pelo arquivamento do processo. Um exemplo da política tupiniquim é a atitude do deputado Vladimir Costa que para provar sua irrefreável paixão pelo presidente fez uma enorme tatuagem com seu nome, para ficar segundo o deputado, para sempre.
 "Homem da Mala" e amigo pessoal de Temer é preso com R$ 500 mil para um destino certo, "Gato Angorá" como é chamado na intimidade que é mais suspeito do que o Beira-Mar mas é fiel do presidente e entra e sai de seu gabinete a qualquer hora, embarque em avião em que Temer esqueceu e disse que foi voo da FAB, mas nada disso ( e muitas outras coisas) nada representam em um regime insuspeito e inabalável. O presidente Michel Temer embora com a corda no pescoço sempre acreditou que seria absolvido no Tribunal Superior Eleitoral por um voto a mais em seu favor, dois ministros foram colocados por ele há alguns meses e mais dois devem votar contra a cassação. O presidente  está em reunião permanente com vários advogados para ser mantido no poder.  Ele declarou que tem deputados na mão fechados com ele e vão votar a seu favor. A prisão do "Homem da Mala" seu assessor especial Rodrigo Loures no inicio da manhã deixou o presidente e seus aliados sem saber o que fazer. A troca-troca de ministros foi mais uma manobra para evitar delação de mais um homem de confiança do presidente. Tudo feito para que Rodrigo Loures permanecer com foro privilegiado e continuar com mandato, mas não deu certo, Osmar Serraglio não quis participar  da manobra escusa e abandonou o barco.
 No auge dos protestos que pediam sua saída já havia pedido auxílio das Forças Armadas com a alegação de impedir que manifestantes pudessem invadir prédios públicos e ele mesmo também  fosse atingido. Após pressão de juristas e da base aliada teve uma atitude inesperada, menos de 24 horas depois revogou seu próprio decreto e liberou as tropas que deixam Brasília. Protestos contra as reformas e que pediam sua saída terminaram em pancadaria e quebra-quebra com invasão de ministérios. Juristas acham que o pedido fere os princípios democráticos e põem em risco as instituições, pois bastaria a Força Nacional mais preparada para resolver conflitos urbanos.
Em entrevista à Folha SP o presidente Michel Temer afirmou "Sou inocente não renuncio, se quiserem me derrubem". Em alguns trechos Temer se mostrou irritado com as perguntas e seu erro foi ter sido "muito ingênuo". A Ordem dos Advogados do Brasil-OAB resolveu após uma exaustiva reunião abrir pedido de impeachment do presidente por 25 votos contra 1. O Supremo Tribunal Federal vai abrir investigação sobre a conduta irregular do presidente Michel Temer que poderá levar à sua cassação. Vários deputados da base aliada abandonam o barco, é um salve-se quem puder.  Enquanto isso Temer ofereceu uma lauta feijoada para conseguir escapar da degola e obter apoio. Ele cometeu três crimes que vieram à tona no dia em que teve um encontro na calada da noite em sua residência com pessoa envolvida em vários delitos criminais. Ele vai ser julgado por corrupção, tentativa de obstruir a justiça e organização criminosa, ou seja formação de quadrilha.  De Norte a Sul, de Leste a Oeste milhões de manifestantes estão reunidos pedindo o impeachment do presidente Michel Temer e eleições diretas. Mesmo aconselhado a pedir renúncia por seus auxiliares depois de mais de oito horas a portas fechadas, Temer em pronunciamento feito à nação se diz inocente e afirma que não vai renunciar e sabe o que fez, embora as gravações demonstrem o contrário. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso pelas redes sociais acredita que a renúncia é a única saída.
As gravações tornadas a público após terem sido publicadas no versão online de O Globo pelo jornalista Lauro Jardim incriminam Temer em conversas com o dono da Friboi Wesley Batista que parte delas teriam sido feitas em sua residência em que pede que seja mantida a polpuda mesada de R$ 500 mil ao ex-deputado Eduardo Cunha, que se encontra preso, para que ele não fizesse revelações comprometedoras e que Cunha ficasse de bico calado. Os ministros da Cultura Roberto Freire-PPS e Raul Jungmann vão pedir demissão, outros também podem abandonar o barco.
foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
 
Mesmo assim em discurso oficial o presidente se diz inocente "vítima de uma conspiração" e que não vai renunciar, o que surpreendeu a todos, visto a gravidade das gravações.  Não houve trabalhos nas duas casas do legislativo, mas os presidentes da Câmara Rodrigo Maia e Eunício de Oliveira do Senado estiveram reunidos com Michel Temer analisando a gravidade da situação e algum possível sortilégio para evitar a derrocada do projeto que em pouco mais de um ano colocou o país em uma crise jamais vista e deu uma impopularidade quase total com mais de 92% de rejeição e o apoio fechado de um grupo de políticos totalmente indiferentes aos ensaios populares. O que se comenta em Brasília é qual será o desdobramento da enorme crise e das consequências tanto da saída ou tanto da permanência do interino que talvez tenha ficado muito além do tempo previsto.  

17 de mai de 2017

TEMER ACREDITA QUE VAI PERMANECER NO GOVERNO

TEMER NÃO GOVERNA MAIS DEIXA O BRASIL PARALISADO PARA FICAR CORRENDO ATRÁS DE VOTOS PARA PERMANECER NO PODER
MAIS DE 90% QUEREM QUE TEMER SEJA JULGADO MAS DEPUTADO MOSTRA SEU AMOR E FAZ TATUAGEM COM NOME DE TEMER NO BRAÇO
PROCURADOR GERAL DIZ QUE TEMER VAI SER JULGADO POR  CORRUPÇÃO
 PROFESSOR MODESTO CARVALHOSA DIZ QUE TEMER NÃO TEM CREDIBILIDADE
PRESIDENTE É INVESTIGADO POR TRÊS CRIMES PELO SUPREMO TRIBUNAL
 Brasil está estagnado, o presidente não se preocupa mais em dirigir os destinos do Brasil, vai gastando o que resta em nossas divisas para satisfazer a base aliada e os aliados de ocasião com a única finalidade de permanecer no poder e evitar um julgamento pelos crimes de que é acusado pela Procuradoria Geral da União-PGR.
Quase toda a população de 200 milhões de habitantes quer a saída de Michel Temer, mas depois de muita "negociação" maioria de deputados está "fechada com Michel". Um deputado quis mostrar seu amor incondicional ao presidente e fez uma grande tatuagem com o nome Temer em seu braço, uma prova de amor eterno.   O presidente perdeu a noção da importância e da nobreza de seu cargo. Teve a coragem de pedir ao seu "cambono" Moreira Franco para conseguir uma claque para ser aplaudido. Ninguém mais aguenta seus discursos vazios, sua retórica empolada.
Temer tem procurado um a um deputados da esquerda, da direita, do centro, com ideologia, sem nenhuma ideologia para oferecer cargos e benesses para escapar da cassação. Michel Temer ainda está forte e tudo indica que vai ficar mantido em seu cargo até onde quiser. Um a um seus fiéis companheiros vão sendo presos, ou se não foram ainda, certamente ficarão na cadeia devido a inúmeras irregularidades cometidas. Mas como todos sabem que a corrupção para ser apanhada no "momento decisivo" é muito difícil, basta um advogado bastante hábil para convencer a todos.
  O Procurador-Geral Rodrigo Janot encaminhou denúncia em que o presidente Temer é acusado de cometer vários crimes incompatíveis com sua função, o que agrava ainda mais sua situação de supremo mandatário que deveria servir de exemplo, não como exemplo de descrédito e sujeito a deboches. Mas Michel Temer confia em sua "estratégia" de cooptação seja por meio de cargos e benesses, seja por retaliações deixando "na geladeira" políticos infiéis. Ele conta também com um grupo de empresários uma "elite orgânica" que defende com unhas e dentes seu patrimônio para levar adiante as propaladas reformas. Acuado e aconselhado por seus fiéis seguidores Temer passa de acusado a acusador em ataques sem provas ao Procurador Geral.  Em pesquisa do Data Folha a popularidade de Michel Temer diminui a cada dia, a grande maioria acredita que ele deveria renunciar ou sofrer cassação.
O professor emérito Modesto Carvalhosa afirmou no Programa Roda Viva que Temer não tem mais condições de governar, perdeu a credibilidade, não tem nenhuma honorabilidade e deve sair ou ser afastado.  Joesley da Friboi acusa Temer de viver a pedir dinheiro todo o tempo e disse que " É um bandido, chefe de organização criminosa". Temer em reposta viaja para Rússia e processa Joesley por calúnia.  A crise parece não ter fim. O julgamento  chegou ao seu final com a permanência de Michel Temer no cargo, apesar da Caixa 1, Caixa2 e Caixa 3. Gilmar Mendes esteve todo tempo declarando seu voto a favor de Michel Temer. No segundo dia de julgamento da Chapa houve um clima tenso entre o Ministro Gilmar Mendes e o relator Herman Benjamin.  Na terça feira dia 06/06 Michel Temer começou a ser julgado no TSE por Caixa2 na campanha eleitoral e a prisão de seu "homem da mala" o longa manus Rodrigo Loures pode complicar sua vida.O STF deu prazo de 24 horas para o presidente Michel Temer responder perguntas sobre sua ligação com a JBS Friboi aos policiais federais na Operação Lava-Jato.  O Procurador Geral da República Rodrigo Janot declarou que o presidente Temer já admitiu que a conversa estranha entre ele e o dono da JBS Joesley Batista de fato ocorreu, portanto já confessou um delito. Temer tenta adiar seu julgamento ao pedir para não ser julgado pelo Ministro Edson Fachin, só para ganhar tempo e escapar de uma possível cassação.
O presidente da OAB apresentou pedido de impeachment e que o presidente não possa exercer qualquer cargo eletivo por no mínimo oito anos. Durante as manifestações em Brasília que pediram a saída de Temer,  o presidente pediu auxílio às Forças Armadas para sua garantia no cargo, o que poderia abrir um grave precedente, visto que eles só devem intervir em situações de extrema gravidade. Militares graduados disseram que as Forças Armadas estarão de prontidão e só entram em caso de extrema necessidade. Menos de 24 horas depois de ter publicado o decreto recuou e autorizou a retirada das tropas. Pouca gente entendeu.
 A famosa mala da propina que o deputado Rodrigo Rocha Loures recebeu furtivamente em um restaurante apareceu, mas faltava R$35 mil. O delator afirmou que o dinheiro seria apenas parte de uma série de prestações de R$500mil, uma aposentadoria bem mais garantida que a do INSS. Um detalhe a maior parte do dinheiro seria para o presidente Temer e Rodrigo Loures, homem de confiança de Temer seria apenas um intermediário. O dinheiro que faltava apareceu.
O presidente da OAB Claudio Lamachia em entrevista coletiva afirmou que houve crime de responsabilidade por parte do presidente Michel Temer, esse é fundamento do pedido de impeachment. O presidente jamais deveria ter recebido na calada da noite um delinquente. O presidente da câmara Rodrigo Maia do mesmo grupo de Temer tem jogado na gaveta todos os pedidos que visam a cassação de Temer.  O perito Ricardo Molina contratado pelo presidente tentou desqualificar a gravação, afirmou que ela não tem autenticidade, não pode servir como prova contra Temer e portanto deve ser descartada.
Em mais uma tentativa de conseguir uma saída para as acusações de vários crimes em que está envolvido que vieram à tona em conversa reservada  que teve com o empresário Joesley Batista no final da noite, o presidente Temer vai pedir a suspensão do inquérito no Supremo Tribunal Federal em que vai responder pelos crimes de corrupção, obstrução da justiça e formação de quadrilha.
foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
A conversa que veio a público contém revelações estarrecedoras que comprometem Michel Temer quando o presidente pede que seja dada a Eduardo Cunha preso na Operação Lava-Jato um adiantamento de R$500 mil para  Cunha nada revelar, ou seja "calar a boca" e disse textualmente " Tem de manter isso viu" ou seja nada falar e levar uma poupança de meio milhão para engordar o cofrinho.
foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
 As sessões do Congresso foram suspensas logo que chegou a noticia/bomba. Para o presidente da Câmara Rodrigo Maia não havia mais clima para discussões de qualquer assunto. Deputados da oposição vão entrar com  pedido de impeachment do presidente sob a acusação de crime de responsabilidade e pode também sofrer um processo criminal. Estão todos da base aliada reunidos na calada da noite para escapar da guilhotina. O senador Aécio Neves também está encrencado e pediu, segundo as gravações, R$ 2 milhões como uma ajudinha. A entrega da mala de dinheiro com um chip foi filmada pela Policia Federal. A irmã do senador foi presa em Minas Gerais e o apartamento do senador em Ipanema foi ocupado pela Policia Federal. Para Claudio Lamachia a situação do senador Aécio é gravíssima e que deveria ser julgado pela Comissão de Ética, mas esqueceu que os que iriam julgar Aécio também estão sob suspeita e graças a intervenção de "forças ocultas" Aécio está leve, livre e solto.. Já se fala na sucessão antecipada do interino Michel Temer, o problema é que na linha de sucessão entraria Rodrigo Maia e aí só Deus sabe o que poderá acontecer.

14 de mai de 2017

CAMPEONATO BRASILEIRO DE FUTEBOL 2017

TREINADOR DO FLAMENGO FOI DEMITIDO APÓS PERDER MAIS UMA TORCEDORES TENTAM AGREDIR TREINADOR E O PRESIDENTE DO CLUBE FICA ESCONDIDO NO CAMAROTE PROTEGIDO PELA POLICIA
CORINTHIANS TERMINA PRIMEIRO TURNO COMO LIDER ABSOLUTO INVICTO
JUSTIÇA DESPORTIVA PROIBE JOGOS NO ESTÁDIO DE SÃO JANUÁRIO POR SEIS MESES E VAI PROIBIR TORCIDAS ORGANIZADAS
Após a derrota para um dos últimos colocados em seu "alçapão", o Flamengo acuado pelos torcedores demitiu o técnico de maior permanência entre os vinte clubes e começa a atirar para todos os lados. Ofereceu o cargo ao treinador Roger Machado, mas ele não aceitou apesar da bela quantia. Estão em dúvida entre vários nomes para tirar o time do atoleiro e ganhar algum torneio. Falam também de um técnico do exterior mas teria de haver resultados imediatos.  Luxemburgo que colocou o Sport entre os primeiros colocados seria um nome, mas teria de se retratar ele já disse que "o presidente Bandeira de Mello não sabe nada de futebol, e quer que as pessoas digam amem", o que é um pouco de verdade.
O Flamengo perdeu mais uma na Ilha do Urubu, que foi feito para ser um alçapão e garantir vitórias. Torcedores revoltados pedem a saída do técnico e ameaçam o presidente Bandeira de Melo que fica acuado no camarote protegido por policiais. Moral da história técnico Zé Ricardo foi demitido. Torcedores acreditam que os erros maiores são da diretoria  que contratou uma série de jogadores com salários astronômicos que não tem jogado nada e tem perdido para times de salário mínimo.
Corinthians vence mais uma e termina o primeiro turno na liderança com larga vantagem sobre os adversários. Botafogo decide poupar jogadores e não sai do 0X0 com o Cruzeiro e cai mais um pouco na tabela.
Na última rodada Vasco decepcionou e foi goleado pelo Cruzeiro por 3x0 em Volta Redonda. Torcedores tentam agredir jogadores do Flamengo no desembarque no aeroporto. Os alvos foram Paolo Guerrero, Marcio Araújo e o treinador. O presidente do clube também foi alvo de protestos, seguranças tiveram de intervir.    O Flamengo não conseguiu passar pelo Santos e desceu na tabela, o que provocou protestos de torcedores que querem saída do treinador e também pedem a cabeça do presidente. Após uma série de erros de arbitragem, a maioria favorecendo o Flamengo, e que culminou com gol legítimo de atacante Jô do Corinthians começa a haver uma desconfiança generalizada pelos erros consecutivos, sendo o rubro negro o maior beneficiado. Flamengo jogou contra o líder absoluto sob muita pressão, com obrigação de não perder, seu treinador poderia ser afastado. Logo no inicio do primeiro tempo arbitragem já prejudicou o Corinthians, com gol legítimo de Jô muito mal anulado, mas no final deu empate por um gol. Botafogo perdeu para o São Paulo por 4x3.
 A diretoria do Flamengo que "sabe tudo de futebol" inventou um alçapão em um campinho na Ilha do Governador, que na cabeça deles daria o título ao mais querido. No jogo  contra o Coritiba o time jogou com a obrigação de vencer. Se isso não acontecesse haveria muita pancadaria e cabeças iriam rolar. O rubro-negro jogou mal e só venceu com gol de pênalti aos 47 minutos.
Flamengo enfrentou o Palmeiras em uma partida que deveria ter um cenário merecedor da qualidade das duas equipes, mas que diretorias que "sabem tudo" de futebol colocam em um campinho na Ilha do Urubu. E toma prejuízo, mas os diretores a TV faturam alto, quem sabe em uma nova associação. A torcida do Mengão irritada com o declínio do time que não consegue vencer vaiou o presidente Bandeira e pede a saída do treinador. Descontrolado após ter sido ameaçado por torcedores Bandeira de Mello disse que "tem pena do Palmeiras".
A CBF e os dirigentes ávidos de dinheiro e atolados em dívidas do futebol brasileiro fazem um jogo depois do outro e conseguem acabar com o encanto e a magia do futebol. Dois dias depois do término de uma rodada , mal começa a outra. O torcedor reage e não vai mais aos estádios, ocupados por marginais travestidos de torcedores, nas chamadas organizadas. No domingo além de uma pancadaria um torcedor morreu e vários ficaram feridos em São Januário. O Vasco da Gama vai ser punido com a perda do mando de campo por até 25 partidas, o que vai prejudicar sua classificação no Brasileiro. Quinze dos dezesseis pontos conquistados foram em seu estádio transformado em verdadeiro alçapão, só que um jogo de tamanha rivalidade teria de ser disputado em um estádio de maior capacidade e muito maior segurança. Pancadaria, tiros e bombas foram as cenas lamentáveis em São Januário entre torcedores do Vasco inconformados com a derrota para o arquirrival Flamengo. Ao término da partida um tiroteio deixou um triste saldo de um morto e três feridos. A violência já era esperada entre torcedores dos dois times, apesar de grande policiamento tanto dentro quanto fora do estádio do Vasco, que poderá ser interditado para evitar novos conflitos. Jornalistas e radialistas foram também ameaçados por torcedores ensandecidos. O Tribunal de Justiça Desportiva-STJD proibiu jogos no estádio e o Vasco deve perder mando de campo por até 25 jogos além de multas.  No domingo completando a rodada o Botafogo empatou com Atlético Mineiro no Engenhão e continua sem vencer no Brasileiro,  só empatou devido ao goleiro Jefferson, que voltou depois de mais de um ano afastado por séria contusão.
Tem coisas que só acontecem no Brasil, como um Flamengo 0 X 0 Botafogo em Volta Redonda às 11h da manhã em um campo para somente 10 mil torcedores. Depois os "dirigentes" reclamam da falência dos clubes. O Campeonato Brasileiro de Futebol na Série A,  competição nacional mais importante em uma série de torneios caça-níqueis continua em sua quarta rodada que começou ontem no Rio com Fluminense 2X1 no Vitória, prosseguiu domingo com Botafogo 0X0 Flamengo às 11h da matina e Vasco 0X2 Grêmio. Na partida entre Botafogo e Flamengo o volante William Arão do Flamengo conseguiu a proeza de deixar dois jogadores do Botafogo fora de combate um com suspeita de fratura e o volante Airton com grave fratura na perna e nem um cartão amarelo levou. São coisas do melhor e também pior futebol do planeta.
 O Brasileirão começou no dia 13/05 com empate entre Flamengo 1X1 Atlético Mineiro no Maracanã e prosseguiu com Vasco 3x 2 Fluminense, com gol de Nenê aos 48minutos do segundo tempo que tira o tricolor da liderança. Na rodada de domingo dia 14/05 o Fluminense venceu o Santos também no Maracanã por 3X2 e o Vasco foi goleado pelo Palmeiras, campeão brasileiro de 2016, por 4X0 na Arena Palmeiras. O Botafogo enfrentou o Grêmio de Porto Alegre no Rio Grande do Sul e no final do primeiro tempo Grêmio já estava vencendo um Botafogo muito recuado que sente falta do atacante Sassá  afastado por indisciplina.  Bahia e Ponte Preta começaram bem goleando seus adversários.
foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
O Brasileirão é um campeonato longo com vinte clubes que disputam turno e returno e só vai terminar no início de dezembro. São tidos como favoritos Palmeiras, Atlético-MG, Santos e Flamengo mas pode haver muitas surpresas. No ano de 2016 o Botafogo saiu da última colocação, era um clube de pouco investimento e os prognósticos não eram nada bons, mas  terminou entre os primeiros e disputa a Libertadores da América. Mas este ano o Glorioso vai ter de reformular suas ideias e contratar mais jogadores, para reforçar o time que ao que parece está caindo e muito de produção. Isto se deve a alguns fatores, no ano passado era um time desacreditado que no campo pegava os adversários de surpresa, mas isso não acontece mais, porque suas peças principais não estão bem e a diretoria diz não ter dinheiro suficiente para novas contratações em um elenco muito limitado que não consegue disputar um calendário inchado de jogos em várias competições. O Bota vai ter de escolher uma entre as várias taças que vai disputar. O Flamengo com um elenco muito bom para a realidade atual, pode se dar ao luxo de pagar em torno de R$ 1milhão ao Paolo Guerrero que tem resolvido jogos decisivos e ainda tem peças importantes como Diego e futuramente Dario Conca e desponta entre os favoritos. O tricolor carioca tem um treinador habilidoso Abel Braga que consegue conduzir seu elenco mesclado com jogadores saídos dos juvenis e pode surpreender. Já o Vasco da Gama mostrou suas enormes deficiências no jogo contra o Palmeiras e vai ter de fazer um enorme esforço para não cair. Pelo que temos visto é sério candidato ao rebaixamento. Mas muita água ainda vai rolar até dezembro.

8 de mai de 2017

A "GUERRA CONTRA AS DROGAS" NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

CORRUPÇÃO POLICIAL TEM CONTRIBUÍDO PARA AUMENTO DOS ÍNDICES DE VIOLÊNCIA
POUCO ADIANTOU O ENVIO DE  HOMENS DA FORÇA NACIONAL PARA COMBATER A VIOLÊNCIA
NA INVASÃO DA CIDADE ALTA  POLICIAIS MILITARES SÃO SUSPEITOS DE PROTEGER O TERCEIRO COMANDO E ATACAR FACÇÃO RIVAL
A "Guerra Contra as Drogas" no Rio de Janeiro atingiu em cheio a política de segurança adotada que tem se mostrado totalmente ineficaz. A corrupção policial como ficou demonstrada na "Operação Calabar"  pode ser apenas a ponta de um iceberg que põe em risco toda a população do Estado do Rio de Janeiro. A "mercadoria política" (conforme Misse) é a velha propina distribuída pelos donos do morro que continuam ainda donos na maioria das localidades. Os homens da Força Nacional que desembarcaram na cidade para tentar por um fim na escalada de violência que atormenta os moradores pouco puderam fazer, a violência tem aumentado.  Há semanas  atrás  nove policiais militares do 16 BPM sediado em Olaria foram afastados por ordem do coronel Wolney Dias, comandante-geral da Policia Militar, eles faziam parte de uma tropa especializada o Grupo de Apoio Tático-GAT. Os policiais são suspeitos de terem se aliado aos narcotraficantes do Terceiro Comando Puro-TCP rede criminal que tem ampliado seus domínios  no Rio de Janeiro graças à ineficiência de uma política de segurança que não tem atingido seus objetivos, dar segurança aos milhões de moradores do estado. Os agentes da lei teriam dado proteção ao TCP e sob pretexto de impedirem uma carnificina, deram carona aos membros da facção criminal e atacaram os invasores do Comando Vermelho-CV que queriam retomar os pontos de venda de drogas da Cidade Alta. Em troca pela ajudinha teriam recebido R$ 1 milhão. O TCP é um ramo do Terceiro Comando rede criminal que surgiu na Terceira Galeria da Ilha Grande sob a liderança de Albertino Esteves o Betininho oriundo da Favela "Curral das Éguas" em Magalhães Bastos após um rompimento com o Comando Vermelho, a partir daí as duas facções disputam territórios para a venda de drogas.
foto Alcyr Cavalcanti  all rights reserved
 
Nove PMs envolvidos na operação foram transferidos em separado para outras unidades, que seria apenas procedimento de rotina, segundo autoridades e teriam recebido elogios do secretário de segurança Roberto Sá que considerou a operação exitosa e evitado um banho de sangue. Um áudio no entanto parece desmentir a versão oficial, os policiais deram carona no veículo blindado para narcotraficantes do TCP e prenderam 40 pessoas ligadas ao Comando Vermelho e apreenderam 32 fuzis de assalto do CV, inclusive todos com a inscrição CX, material usado somente para ocasiões de confronto e não de simples proteção de território. O grupo de bandidos do Terceiro Comando continuam na localidade. As baixas foram somente do CV.
A proteção dada a uns dos lados quando existe confronto bélico é uma atitude recorrente,  já teria acontecido algumas vezes sempre com o argumento de "evitar um banho de sangue". Só para citar alguns de vários episódios em situações diversas, em 2004 na tentativa de ocupação da Rocinha pelo grupo chefiado por  Eduino Eustáquio o Dudu para retomar o controle das bocas de fumo que eram controladas por Luciano Barbosa o Lulu que passou para  a rede criminal ADA após rompimento com o CV. Policiais chegaram e houve confronto entre agentes da lei que davam proteção aos dois grupos. Há alguns anos atrás com rompimento da trégua entre CV e TC em Vigário Geral, o Terceiro Comando que dominava Parada de Lucas teria invadido Vigário com ajuda de um blindado da PM.
Para a socióloga Silvia Ramos que já dirigiu o Instituto de Segurança Pública-ISP  é importante que sejam apuradas as denúncias contra agentes da lei, em declarações ao Globo afirmou "Há décadas a PM do Rio é conhecida como policia muito violenta e corrupta" e admite que possa haver muitos outros casos de corrupção.
A sociedade exige que episódios recentes sejam apurados para que agentes da lei que atuarem na ilegalidade sejam rigorosamente punidos e a policia possa cumprir seu papel, que é de defesa da sociedade e na manutenção da paz.
 

6 de mai de 2017

ESCOLAS FECHADAS POR CAUSA DA "GUERRA DO RIO"

TIROTEIOS DIÁRIOS OBRIGAM ESCOLAS A FECHAR SUAS  PORTAS, MILHARES DE CRIANÇAS FICAM AO ABANDONO
A UPP SOCIAL NÃO VEIO NEM A PROMETIDA PACIFICAÇÃO 
POLÍTICA DE SEGURANÇA NÃO TEM OBTIDO NENHUM SUCESSO
O Rio de Janeiro vive uma situação insustentável com tiroteios diários em quase todos os bairros e favelas da cidade, milhares de crianças ficam ao abandono, escolas são obrigadas a fechar suas portas devido às constantes ameaças de balas perdidas que atingem principalmente quem nada tem a ver com a "Guerra do Rio". A situação de terror se deve principalmente aos doze anos de governos irresponsáveis de políticos do PMDB com o beneplácito de Brasília em nome de uma falsa "democracia de coalisão" que no fundo era para proteger uma quadrilha de colarinho branco que tinha a "máquina de mão " e milhões de votos sob controle na tentativa de se perpetuar no poder. As promessas de campanha não foram cumpridas e o Estado do Rio de Janeiro está à beira da falência.  Um dos maiores fracassos do Governo Cabral e de seu amigo de fé e irmão camarada Pezão foi na política de segurança, que durante um breve período deu uma falsa impressão de tranquilidade para que os visitantes desde a época do Papa Francisco em 2013 aos Jogos Olímpicos de 2016 pudessem deixar seus dólares e euros para engordar os cofres e dar a parecer que a cidade fosse de fato maravilhosa.
foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved

 Mas veio a dura e triste realidade e o sonho acabou, desmoronou qual um castelo de areia ao sabor das tempestades. O dinheiro acabou em todos os setores em consequência a criminalidade cresce em progressão geométrica.
foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
 
A política de segurança do Estado do Rio de Janeiro foi baseada em um único ponto, as Unidades de Policia Pacificadora-UPP criadas para estabelecer um cinturão cirúrgico segundo conceito das "Zonas Vermelhas" adaptado às favelas cariocas e à "Guerra Contra as Drogas" política baseada em conceito importado dos Estados Unidos criado durante o governo Reagan e aplicado a toda  América do Sul. No fundo é uma falsa guerra que não tem dado certo, o narcotráfico tem crescido de maneira vertiginosa em uma verdadeira globalização. A dificuldade após um aparente sucesso foi a impossibilidade de manter uma ocupação bélica imposta a uma imensa população que anteriormente era acuada pelos "donos do morro", alguns de forma assistencialista alguns pela exclusiva força das armas. Policiais alguns despreparados, e outros corrompidos pelas enormes quantidades de dinheiro obtido pela venda de drogas a varejo ficaram perdidos em regiões desconhecidas, na qual não se adaptaram. A propalada policia de proximidade não poderia dar certo quando existem diferenças enormes de conceito em que pessoas tem diferenças muito difíceis de serem superadas. Policiais de uma maneira geral percebem que estão em terreno inimigo em que o antagonista deve ser abatido a qualquer preço, afinal a policia militar age como uma máquina de combate e não é uma força de pacificação, muito pelo contrário, é preparada não para a convivência harmoniosa e sim para o confronto.
Veio o "Caso Amarildo" em 2013 e começaram à vir a tona os defeitos difíceis de serem superados. Torturas, corrupção, menosprezo pelos moradores e outros vícios tornaram a convivência cada vez mais difícil entre as tropas de ocupação e os moradores das localidades que no fundo querem mesmo é pode viver em paz e trabalhar. A entrada da rede criminal criada em São Paulo o Primeiro Comando da Capital-PCC em aliança com a facção Amigos dos Amigos-ADA teve como consequência aumentar em muito os confrontos pela tomada de territórios tornando a vida de milhões de pessoas  um inferno diário, onde vias de acesso são fechadas, caminhões de abastecimento são sequestrados, escolas são fechadas e o  comércio é obrigado a cerrar as portas.   Cada grupo passou a ver o outro como um inimigo a ser abatido e o sonho acabou, a UPP Social não saiu do papel, a pacificação não veio. Ficou somente o confronto, com mortes diárias de crianças, traficantes e policiais, é um salve-se quem puder, onde não existem vencedores nem vencidos todos saem derrotados.

obras do pac

obras do pac
inicio de obras ao lado do ciep ayrton senna