23 de mai de 2017

ASSESSOR DE TEMER PRESO PELA FEDERAL FOI SOLTO POR ORDENS DO SUPREMO

POLICIA FEDERAL FAZ BUSCA NO GABINETE DE LUCIO VIEIRA IRMÃO DE GEDDEL
JOESLEY BATISTA CONFIRMA: DINHEIRO DA MALA ERA PARA MICHEL TEMER E QUE "TEMER É CHEFE DE QUADRILHA MUITO PERIGOSA"
 RODRIGO LOURES. O HOMEM BOMBA AINDA NÃO "ABRIU O LIVRO"
Geddel Vieira Lima, homem de confiança plena de Michel Temer e membro do grupo palaciano íntimo do presidente atualmente preso vai ter de dar explicações sobre um apartamento em Salvador que servia como banco particular, ou cofre forte de Geddel. Geddel é considerado "chefe da quadrilha" ligada ao PMDB e que tinha livre transito no Planalto. No entanto Renan Calheiros que conhece a fundo as negociações afirmou aos repórtere4s em alto e bom som "O chefe da quadrilha não é o Geddel, de jeito nenhum, o chefe da quadrilha  começa com T" .O deputado  Lucio Vieira Lima irmão de Geddel teve seu gabinete vasculhado pela Federal por ordem da PGR ou seja, a procuradora Raquel Dodge para encontrar explicações dos milhões encontrados no apartamento em Salvador. Lucio Funaro deu detalhes da roubalheira envolvendo Geddel e também Eduardo Cunha.
O "Homem da Mala" de meio milhão já está em sua residência, ontem passou mal na carceragem da Federal, mas seu advogado disse que ele não vai delatar ninguém e principalmente para quem seria destinado o dinheiro da corrupção. Horas depois o ministro Edson Fachin do STF deu ordens para Rocha Loures ser liberado em prisão domiciliar.  Joesley Batista dono da Friboi que acusa o presidente Temer de viver pedindo dinheiro foi internado ás pressas com fortes dores. Temer acusa Joesley  diz que foi caluniado, pede reparação monetária e vai processá-lo. Em novo depoimento o dono da Friboi Joesley Batista confirmou depoimento anterior em que reafirma que o 'Homem da Mala" de meio milhão de reais  era apenas um maleiro, um Malaquias, e o dinheiro era para o presidente Temer. Joesley disse que tudo que ´foi dito em depoimento anterior é verdadeiro e a gravação é a prova da corrupção e acrescentou "Temer é chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil".
 Mas o presidente nega tudo e seus aliados comandados por Moreira Franco envolvido em mais de dez acusações afirma em alto e bom som que não existem provas, embora a prova do crime, ou seja a mala com meio milhão tenha sido apreendida pela Policia Federal.
PSDB faz acordo com Temer e  PMDB para não perder as benesses e principalmente para Aécio Neves não ficar preso na Papuda, alguns dizem que é a "Democracia de Coalizão". O ex-ministro Henrique Eduardo Alves mais um "notável"que foi Ministro do Turismo de Dilma e de Temer foi preso pela Policia Federal sob acusação de corrupção em estádio da Copa do Mundo e outras irregularidades. Mais um da base aliada que vai aos poucos se esfacelando, apesar de faltarem ainda uns setenta, no mínimo. 
O Procurador -Geral Rodrigo Janot pediu prisão imediata para o ex-deputado Rodrigo Loures, assessor especial e homem de total confiança de Michel Temer. Seu gabinete funcionava no mesmo andar do gabinete da presidência, e sabe-se que sendo um dos fieis de Temer, se pressionado pode revelar tudo e jogar Temer em um buraco sem saída.
Em  mais uma manobra escusa e suja que por eufemismo chamam de estratégia. Temer trocou de pasta o Ministro da Justiça com o da Transparência para evitar que Rodrigo Lures retorne à suplência, perca a imunidade parlamentar, comece a "abrir o bico" e resolva revelar tudo o que sabe. O novo Ministro da Justiça esteve reunido segunda 29/05 durante boa parte da tarde para combinar a "estratégia", para eles um jogo de xadrez, mas para os mais de 200 milhões de brasileiros uma manobra escusa que visa escapar de uma condenação. Mas a jogada escusa não seu certo e Osmar Serraglio não aceitou a troca e Rodrigo Loures sem imunidade deve ser preso por ordem do Procurador-Geral.
A semana amanheceu agitada em Brasília com agentes da Policial Federal que cumprem vários mandados de prisão na Operação Panatenaico que apura uma organização criminosa que fez um rombo nos cofres públicos de cerca de R$ 900 milhões relativos ao superfaturamento nas obras do estádio Mané Garrincha. O nome da operação é uma alusão aos jogos anteriores aos Jogos Olímpicos realizados no Stadium Panatenaico na Grécia Antiga. Entre as várias prisões estão os ex-governadores Agnelo Queiroz-PT, José Roberto Arruda-PR e Tadeu Filipelli assessor especial do presidente Michel Temer. Uma das muitas malas de dinheiro para comprar políticos corruptos apareceu. Era a mala de Rodrigo Loures, mas dos R$ 500 só apareceram R$ 465, o restante  provavelmente "o gato comeu" ou evaporou e depois de muita pressão e dias depois apareceu misteriosamente.
foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
É mais um do grupo de Temer que vai para trás das grades. José Roberto Arruda já esteve envolvido em inúmeras irregularidades e foi investigado na "Operação Caixa de Pandora" por desvios de grandes quantias de dinheiro em obras públicas.
 
 A Copa do Mundo 2014 não tem trazido boas recordações para os brasileiros. Além da sofrida derrota da seleção brasileira de futebol por 7X1 para Alemanha, houve a construção de um número excessivo de estádios doze, quando bastavam oito, que eram as chaves em que estavam os países participantes. O estádio Mané Garrincha foi o campeão da malversação de verbas, de quase R$ 900 milhões a mais, em uma previsão de orçamento de R$ 600 milhões deu um salto fantástico para quase R$ 1600 bilhões, exatamente R$1575 bilhões superando em muito o superfaturamento da obra do estádio do Maracanã um dos motivos da prisão e do desmantelamento do grupo político do ex-governador Sérgio Cabral agora trancafiado desde o ano passado. É possível que surjam alguns outros  envolvidos em obras dos outros dez estádios construídos de norte s sul do Brasil.
Postar um comentário

obras do pac

obras do pac
inicio de obras ao lado do ciep ayrton senna