17 de mai de 2017

TEMER ACREDITA QUE VAI PERMANECER NO GOVERNO

TEMER NÃO GOVERNA MAIS DEIXA O BRASIL PARALISADO PARA FICAR CORRENDO ATRÁS DE VOTOS PARA PERMANECER NO PODER
MAIS DE 90% QUEREM QUE TEMER SEJA JULGADO MAS DEPUTADO MOSTRA SEU AMOR E FAZ TATUAGEM COM NOME DE TEMER NO BRAÇO
PROCURADOR GERAL DIZ QUE TEMER VAI SER JULGADO POR  CORRUPÇÃO
 PROFESSOR MODESTO CARVALHOSA DIZ QUE TEMER NÃO TEM CREDIBILIDADE
PRESIDENTE É INVESTIGADO POR TRÊS CRIMES PELO SUPREMO TRIBUNAL
 Brasil está estagnado, o presidente não se preocupa mais em dirigir os destinos do Brasil, vai gastando o que resta em nossas divisas para satisfazer a base aliada e os aliados de ocasião com a única finalidade de permanecer no poder e evitar um julgamento pelos crimes de que é acusado pela Procuradoria Geral da União-PGR.
Quase toda a população de 200 milhões de habitantes quer a saída de Michel Temer, mas depois de muita "negociação" maioria de deputados está "fechada com Michel". Um deputado quis mostrar seu amor incondicional ao presidente e fez uma grande tatuagem com o nome Temer em seu braço, uma prova de amor eterno.   O presidente perdeu a noção da importância e da nobreza de seu cargo. Teve a coragem de pedir ao seu "cambono" Moreira Franco para conseguir uma claque para ser aplaudido. Ninguém mais aguenta seus discursos vazios, sua retórica empolada.
Temer tem procurado um a um deputados da esquerda, da direita, do centro, com ideologia, sem nenhuma ideologia para oferecer cargos e benesses para escapar da cassação. Michel Temer ainda está forte e tudo indica que vai ficar mantido em seu cargo até onde quiser. Um a um seus fiéis companheiros vão sendo presos, ou se não foram ainda, certamente ficarão na cadeia devido a inúmeras irregularidades cometidas. Mas como todos sabem que a corrupção para ser apanhada no "momento decisivo" é muito difícil, basta um advogado bastante hábil para convencer a todos.
  O Procurador-Geral Rodrigo Janot encaminhou denúncia em que o presidente Temer é acusado de cometer vários crimes incompatíveis com sua função, o que agrava ainda mais sua situação de supremo mandatário que deveria servir de exemplo, não como exemplo de descrédito e sujeito a deboches. Mas Michel Temer confia em sua "estratégia" de cooptação seja por meio de cargos e benesses, seja por retaliações deixando "na geladeira" políticos infiéis. Ele conta também com um grupo de empresários uma "elite orgânica" que defende com unhas e dentes seu patrimônio para levar adiante as propaladas reformas. Acuado e aconselhado por seus fiéis seguidores Temer passa de acusado a acusador em ataques sem provas ao Procurador Geral.  Em pesquisa do Data Folha a popularidade de Michel Temer diminui a cada dia, a grande maioria acredita que ele deveria renunciar ou sofrer cassação.
O professor emérito Modesto Carvalhosa afirmou no Programa Roda Viva que Temer não tem mais condições de governar, perdeu a credibilidade, não tem nenhuma honorabilidade e deve sair ou ser afastado.  Joesley da Friboi acusa Temer de viver a pedir dinheiro todo o tempo e disse que " É um bandido, chefe de organização criminosa". Temer em reposta viaja para Rússia e processa Joesley por calúnia.  A crise parece não ter fim. O julgamento  chegou ao seu final com a permanência de Michel Temer no cargo, apesar da Caixa 1, Caixa2 e Caixa 3. Gilmar Mendes esteve todo tempo declarando seu voto a favor de Michel Temer. No segundo dia de julgamento da Chapa houve um clima tenso entre o Ministro Gilmar Mendes e o relator Herman Benjamin.  Na terça feira dia 06/06 Michel Temer começou a ser julgado no TSE por Caixa2 na campanha eleitoral e a prisão de seu "homem da mala" o longa manus Rodrigo Loures pode complicar sua vida.O STF deu prazo de 24 horas para o presidente Michel Temer responder perguntas sobre sua ligação com a JBS Friboi aos policiais federais na Operação Lava-Jato.  O Procurador Geral da República Rodrigo Janot declarou que o presidente Temer já admitiu que a conversa estranha entre ele e o dono da JBS Joesley Batista de fato ocorreu, portanto já confessou um delito. Temer tenta adiar seu julgamento ao pedir para não ser julgado pelo Ministro Edson Fachin, só para ganhar tempo e escapar de uma possível cassação.
O presidente da OAB apresentou pedido de impeachment e que o presidente não possa exercer qualquer cargo eletivo por no mínimo oito anos. Durante as manifestações em Brasília que pediram a saída de Temer,  o presidente pediu auxílio às Forças Armadas para sua garantia no cargo, o que poderia abrir um grave precedente, visto que eles só devem intervir em situações de extrema gravidade. Militares graduados disseram que as Forças Armadas estarão de prontidão e só entram em caso de extrema necessidade. Menos de 24 horas depois de ter publicado o decreto recuou e autorizou a retirada das tropas. Pouca gente entendeu.
 A famosa mala da propina que o deputado Rodrigo Rocha Loures recebeu furtivamente em um restaurante apareceu, mas faltava R$35 mil. O delator afirmou que o dinheiro seria apenas parte de uma série de prestações de R$500mil, uma aposentadoria bem mais garantida que a do INSS. Um detalhe a maior parte do dinheiro seria para o presidente Temer e Rodrigo Loures, homem de confiança de Temer seria apenas um intermediário. O dinheiro que faltava apareceu.
O presidente da OAB Claudio Lamachia em entrevista coletiva afirmou que houve crime de responsabilidade por parte do presidente Michel Temer, esse é fundamento do pedido de impeachment. O presidente jamais deveria ter recebido na calada da noite um delinquente. O presidente da câmara Rodrigo Maia do mesmo grupo de Temer tem jogado na gaveta todos os pedidos que visam a cassação de Temer.  O perito Ricardo Molina contratado pelo presidente tentou desqualificar a gravação, afirmou que ela não tem autenticidade, não pode servir como prova contra Temer e portanto deve ser descartada.
Em mais uma tentativa de conseguir uma saída para as acusações de vários crimes em que está envolvido que vieram à tona em conversa reservada  que teve com o empresário Joesley Batista no final da noite, o presidente Temer vai pedir a suspensão do inquérito no Supremo Tribunal Federal em que vai responder pelos crimes de corrupção, obstrução da justiça e formação de quadrilha.
foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
A conversa que veio a público contém revelações estarrecedoras que comprometem Michel Temer quando o presidente pede que seja dada a Eduardo Cunha preso na Operação Lava-Jato um adiantamento de R$500 mil para  Cunha nada revelar, ou seja "calar a boca" e disse textualmente " Tem de manter isso viu" ou seja nada falar e levar uma poupança de meio milhão para engordar o cofrinho.
foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
 As sessões do Congresso foram suspensas logo que chegou a noticia/bomba. Para o presidente da Câmara Rodrigo Maia não havia mais clima para discussões de qualquer assunto. Deputados da oposição vão entrar com  pedido de impeachment do presidente sob a acusação de crime de responsabilidade e pode também sofrer um processo criminal. Estão todos da base aliada reunidos na calada da noite para escapar da guilhotina. O senador Aécio Neves também está encrencado e pediu, segundo as gravações, R$ 2 milhões como uma ajudinha. A entrega da mala de dinheiro com um chip foi filmada pela Policia Federal. A irmã do senador foi presa em Minas Gerais e o apartamento do senador em Ipanema foi ocupado pela Policia Federal. Para Claudio Lamachia a situação do senador Aécio é gravíssima e que deveria ser julgado pela Comissão de Ética, mas esqueceu que os que iriam julgar Aécio também estão sob suspeita e graças a intervenção de "forças ocultas" Aécio está leve, livre e solto.. Já se fala na sucessão antecipada do interino Michel Temer, o problema é que na linha de sucessão entraria Rodrigo Maia e aí só Deus sabe o que poderá acontecer.
Postar um comentário

obras do pac

obras do pac
inicio de obras ao lado do ciep ayrton senna