29 de jul de 2017

CERCO POLICIAL NA TIJUCA PARA SALVAR REFÉNS

CERCO POLICIAL NA RUA DO MATOSO PARA PRENDER ASSALTANTE NA PET SHOP QUE SE ENTREGA APÓS MUITA NEGOCIAÇÃO
PLANO DE SEGURANÇA COM REFORÇO DE 10 MIL HOMENS NÃO INIBE A CRIMINALIDADE.
A população da cidade do Rio de Janeiro continua entregue à bandidagem. A chegada de um grande aparato de segurança com mais de dez mil homens das Forças Armadas não afugentou criminosos. Os assaltos continuam. Um grande cerco policial na Rua do Matoso na Tijuca próximo à Rua Haddock Lobo para prender um assaltante a uma Pet Shop loja de artigos veterinários com o sugestivo nome de "É o Bicho".
 
FOTO ALCYR CAVALCANTI all rights reserved
 A tentativa de assalto foi no início da manhã às 8,50h e  Raydan de Oliveira, 20 anos entrou na loja com um gato e aí anunciou o assalto. Com a chegada da policia o Raydan desesperado  usou duas moças que trabalham na Pet Shop como reféns sob a mira de um revólver  e não queria se entregar. Após alguma negociação o  assaltante passou a  exigir a chegada de sua mãe para  liberar as duas jovens e se entregar. Foi feito um grande cerco policial pela policia militar com auxílio do BOPE. A rua do Matoso, uma das principais vias de acesso esteve interditada e o cerco policial inclusive com atiradores de elite continuou durante mais de duas horas, até que Raydan após muita negociação resolveu se entregar, felizmente sem derramamento de sangue.
Postar um comentário

obras do pac

obras do pac
inicio de obras ao lado do ciep ayrton senna