7 de ago de 2017

BRASILEIRÃO 2017 SEGUNDO TURNO

 CORINTHIANS 0 X 1 VITÓRIA E FLAMENGO X ATLÉTICO GO ABREM 21 RODADA CORINTHIANS CONTINUA LIDER ABSOLUTO SEGUIDO PELO GRÊMIO E SANTOS
VASCO 1X1 PALMEIRAS, FLAMENGO PERDE MAIS UMA E A CRISE CONTINUA
FLAMENGO CLUBE QUE MAIS INVESTIU NA COMPRA DE JOGADORES DECEPCIONA E VAI CONTRATAR TÉCNICO CAMPEÃO DA LIBERTADORES
Começou a segunda fase do Campeonato Brasileiro de Futebol em 2017. O Corinthians perde para um dos últimos colocados o Vitória, mas mesmo assim continua líder absoluto. O Flamengo que está em crise perde mais uma e  contratou Reinaldo Rueda técnico colombiano  vitorioso e campeão da Taça Libertadores 2016. O Corinthians que não era considerado o favorito para erguer a taça está com quase uma das mãos para ergue-la em dezembro. Os grandes favoritos eram Flamengo e Palmeiras, clubes que mais contrataram e gastaram o que podiam e o que não podiam. O Grêmio e o Santos poderiam chegar lá mas a maioria temia o rubro negro carioca. O Flamengo formou um elenco milionário, onde um dos jogadores o atacante  Paolo Guerrero ganha um pouco mais de R$ 1milhão, e continuou contratando jogadores caros no mercado da bola, como Diego, Diego Alves e Muralha, ambos goleiros da seleção brasileira. Contratou Berrio, Traucco, enfim uma contratação atrás da outra, mas não conseguiu formar um time coeso e após uma série de insucessos fez o mais fácil, demitiu o treinador Zé Ricardo, que veio desde as categorias de base e tinha quinze anos de Flamengo e mais de um ano como treinador.
Arena Maracanã foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
 
Os erros do rubro negro são muitos entre outros levar seus jogos para um campinho onde cabem pouco mais de dez mil pessoas sob o argumento de pressionar seus adversários a jogar no "alçapão do urubu", renegando o Maracanã por burrice de seus dirigentes e o Engenhão por outra bobagem, em uma rivalidade absurda com o Botafogo que já resultou em resultados funestos. Vanderley Luxemburgo o técnico que mais venceu no Brasileirão definiu o Flamengo atual: "A diretoria não sabe nada de futebol, mas pensa que sabe e quer que todo o mundo diga amém". Em parte o "Velho Luxa" tem razão, a entrada em massa de economistas e falsos economistas como presidentes de clubes e diretores de futebol na maioria das vezes não tem dado certo. No futebol como diz o velho ditado "O buraco é mais em baixo", e o jogo da bola não é somente uma peça de uma entidade abstrata chamada mercado, mas envolve paixão, cultura, alegria e até questões geopolíticas. Os "boleiros" estão fazendo falta.
Outra grande decepção até agora tem sido o São Paulo, que insiste em não sair da zona de rebaixamento com um elenco caro e com a tradição de ser sido campeão mundial de clubes, mas tem tido atuações pífias. Luxemburgo fez o contrário do que muitos economistas julgam, conseguiu colocar o Sport de Recife entre os grandes do futebol e tem mostrado que com um time barato pode formar um bom elenco e terminou a primeira fase em sexto lugar na zona da Libertadores. 
Vai começar no sábado a segunda parte do grande drama do futebol brasileiro, onde ao que parece o Corinthians vai chegar lá no pódio, conseguiu a proeza de terminar o primeiro turno sem perder de ninguém, uma façanha. O Flamengo que amarga mais uma crise, que vem sendo cobrado desde a eliminação precoce da Libertadores, seu grande sonho, pode dar adeus ao título, somente um milagre pode ajudar o rubro negro. Dezoito pontos o separam do Corinthians e tem ainda Grêmio, Santos e Palmeiras para serem superados. O que também está praticamente certo é a volta para a segundona do Atlético de Goiás que insiste em não sair da lanterna.

6 de ago de 2017

O LEGADO OLÍMPICO SONHO OU PESADELO?

UM ANO DEPOIS A "MAIOR OLIMPÍADA DE TODOS OS TEMPOS" FOI UMA VITÓRIA, UMA TRAGÉDIA OU UMA FARSA?
O QUE PODERIA SER O MAIOR LEGADO SEQUER FOI INICIADO A BAIA DE GUANABARA QUE CONTINUA UM IMENSO ESGOTO
O LEGADO OLÍMPICO DEIXOU TAMBÉM UMA ENORME DÍVIDA, UMA DINHEIRAMA QUE SUMIU E SUSPEITAS SOBRE ADMINISTRAÇÃO ANTERIOR
                   Tristezas não tem Fim. Felicidade Sim
                                                  Vinicius de Morais
A cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro comemora, ou quem sabe lamenta a realização da Olimpíada 2016, que completou um ano dia 5 de agosto. O ex-prefeito Eduardo Paes é réu por uma ação movida pelo Ministério Público por improbidade administrativa em relação a uma licença para um campo de golfe durante os Jogos Olímpicos. O que poderia ser o maior legado para a população sequer foi iniciado, a despoluição da Baía de Guanabara, embora os atletas tivessem inclusive ameaçado de não competir. A bela Baia para uns e uma "Boca Banguela" para o antropólogo Levy Strauss continua um imenso esgoto.
museu do amanhã foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved

 Obras intermináveis, outras entregues  inacabadas, alguma coisa foi entregue a toque de caixa para realizar em um enorme esforço e sacrifício de mais oito milhões de habitantes a "maior olimpíada de todos os tempos, como apregoaram Eduardo Paes, Nuzman eos disrigentes do Comitê Olimpico Internacional. Ficaram a linha 4 do Metro, que vai até o Jardim Oceânico na Barra, o Boulevard Olímpico, a Nova  Praça XV com o Túnel Marcelo Alencar que melhorou o transito no acesso da Zona Portuária até o Aterro, o belo Aquário, o futurista Museu do Amanhã, o Porto Maravlha com a revitalização do centro da cidade em especial a Rio Branco como  Veículo Leve Sobre Trilhos-VLT, que serve em especial turistas que visitam a cidade. Mas em contrapartida enorme malversação de recursos destinados à saúde, educação, segurança enfim sumiram com uma verba bilionária.
foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
A própria Linha 4 ficou inacabada, a estação da Gávea não saiu do papel, sob alegação que o dinheiro foi insuficiente, mas a verdade que houve enorme superfaturamento do grupo chefiado pelo então governador Sérgio Cabral, que sob acusação de 'chefe de quadrilha" amarga prisão em Benfica, depois de uma temporada no Complexo Prisional de Gericinó, levando a reboque vários irmãos camaradas como o médico Sérgio Cortez. A formação de atletas para levar ao pódio dezenas de jovens em futuras competições foi mais um engodo, assim como muitas arenas e locais de competições foram abandonadas.
A prisão de um dos homens de confiança do Ex-prefeito Eduardo Paes o então secretário de Obras Alexandre Pinto na "Operação Rio 40 Graus" por ordem do juiz Marcelo Bretas veio trazer á tona o que todos suspeitavam, um grande esquema de corrupção na série de obras que foram feitas na cidade, em todos os quadrantes como preparativos para os Jogos Olímpicos, em especial o BRT Transcarioca. O saque aos cofres públicos feitos pela administração Paes leva suspeitas á todo o grupo que assim como a organização criminosa estadual pertence a um mesmo partido, o PMDB,que quis transformar a cidade ao fazer uma bela mas dispendiosa maquiagem em uma megalópole  de oito milhões de habitantes, mas em que mais de dois milhões vivem em condições sub humanas em habitações populares que lutam para sobreviver em condições precárias à espera do Programa de Aceleração do Crescimento-PAC, programa que em muitas situações não saiu do papel.
~Linha 4 foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
O que causa espécie em toda a manobra é que os Jogos foram um sucesso mais para projetar o Rio de Janeiro e seus governantes nos três escalões  no cenário internacional, mas que infelizmente trouxe mais prejuízos do que benefícios para uma imensa população. Uma das obras símbolo foi o paradigmático teleférico do Morro do Alemão, onde quinze favelas lutam para sobreviver na linha da miséria, mas que teve um comentário jocoso da poderosa Cristine Lagarde do Fundo Monetário Internacional-FMI. Cristine em visita guiada ao Alemão, resolveu passear no bondinho e se sentiu, segundo suas declarações, "Como se estivesse nos Alpes Suíços". Poderia ser trágico ou cômico segundo o ponto de vista de cada um da mesma forma que o Legado Olímpico pode ser visto como uma vitória, uma tragédia ou quem sabe uma rotunda  farsa.

4 de ago de 2017

ESTÁCIO CHORA: MORREU LUIZ MELODIA

SAMBA DE LUTO, MORRE LUIZ MELODIA
VELÓRIO FOI NA QUADRA DE SUA ESCOLA DE CORAÇÃO GRES ESTÁCIO DE SÁ
QUE JÁ SE CHAMOU UNIDOS DO SÃO CARLOS
Se alguém quer matar-me de amor
Que me mate no Estácio
              Estácio, Holly Estácio de Luiz Melodia
Luiz Carlos dos Santos, o Luiz Melodia morreu na madrugada de 4 de agosto aos 66 anos. O filho de Osvaldo Melodia  estava internado no Hospital Quinta D'Or para tratamento de um câncer na medula. As últimas homenagens estão sendo prestadas na Quadra da Estácio de Sá parentes, amigos e músicos foram reverenciar o "Negro Gato". Suas músicas foram cantadas pelas pessoas emocionadas como uma última despedida. Ao som de seus inúmeros sucessos os músicos Silvério Pontes e Alexandre Romanazzi que gravaram com ele para a gravadora Biscoito Fino choravam emocionados pela partida do amigo.
Velório na Quadra da Estácio foto Alcyr Cavalcanti

Conheci Luiz Melodia em um  distante 1973 para uma reportagem em destaque para o jornal Ultima Hora, estava acompanhado do repórter Claudio Vieira e a ideia era  passear com ele na  antiga Zona de prostituição no Estácio, a "Zona do Mangue", um ponto de encontro da boemia carioca,  onde hoje está situada a Cidade Nova. Na época para isolar o espaço de prostituição, uma área segregada do resto de uma cidade em transformação  havia um tapume.
Luiz Melodia no Mangue photo Alcyr Cavalcanti allrights reserved
 
Melodia havia sido criado no Morro de São Carlos, no Estácio, o berço do samba, onde foi criada a primeira agremiação de samba a Deixa Falar de Ismael Silva, seu filho mais ilustre.  Dona Eurídice,  sua mãe tinha uma barraquinha no Estácio para ajudar o orçamento da casa. Em meio a nossa caminhada no meio das mulheres da chamada "vida fácil", uma delas espantada pela deferência que tínhamos com o cantor ainda pouco conhecido falou com firmeza e muito preconceito: "quem será esse neguinho que os repórteres estão levando". Mal sabiam elas que era bem mais que um simples "neguinho", mas era uma honra para nós poder conviver com um gênio da música.  Era o início de uma carreira de um dos maiores compositores brasileiros que deixou um legado de  músicas inesquecíveis como Estácio, Holly Estácio, Pérola Negra, Estácio Eu e Você, Juventude Transviada.  Daí em diante uma série de sucessos.
Zona do Mangue tinha tapume foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved

Anos depois encontrei com Melodia, ele já um sucesso musical, e eu já um experiente fotojornalista. O encontro foi em um bar na Gávea, Academia da Cachaça, acho eu que era o nome, para uma reportagem sobre ele e o lançamento de um novo disco. Conversamos muito e rendeu um bom registro jornalístico. Infelizmente não só a música popular mas o Brasil perde mais um verdadeiro artista. Seu corpo vai ser velado na Quadra de sua escola de coração a GRES Estácio de Sá, que já se chamou Unidos do São Carlos.

obras do pac

obras do pac
inicio de obras ao lado do ciep ayrton senna