30 de ago de 2017

VENDE-SE TUDO A QUALQUER PREÇO

TEMER VAI TER DE VENDER TUDO RAPIDAMENTE APÓS NOVAS DENÚNCIAS
O DIA SETE DE SETEMBRO FOI O DIA EM QUE MICHEL TEMER  E SEUS ALIADOS ENLAMEIARAM A INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
ACUSAÇÕES DE JOESLEY REPERCUTEM E TEMER VOLTA PREOCUPADO
UM PAÍS À VENDA A PREÇO DE BANANA PARA TAMPAR UM ROMBO 
 
Negócio bom assim ninguém nunca viu
Tá tudo pronto aqui é só vir pegar
A solução é alugar o Brasil
                         Raul Seixas

O presidente Temer vai ter de apressar as vendas de nossas riquezas para satisfazer a cobiça dos deputados à espera de cargos, benesses e farto numerário para ter votos suficientes para se manter no poder. É a nossa "Democracia de Cooptação".
O Dia Sete de Setembro, seria o Dia  da Independência, mas é um dia de tristezas para os 205 milhões de brasileiros mas de imensa alegria para o grupo palaciano que vende o Brasil a suaves prestações.  Michel Temer esteve na China para vender tudo que puder, mas o presidente chinês que sabe da imensa crise que assola nosso país e que o Brasil está quase na falência está cauteloso e vai negociar e muito para baixar os preços. Depois das declarações de Joesley e de novas acusações que certamente virão, o "Produto Brasil", ou seja nossas riquezas, que Michel quer vender a qualquer preço  desvalorizaram,  o que deixou o grupo muito irritado e chegaram a discutir a possiblidade de  antecipar a volta ao país.
 Temer deu de presente uma camisa da seleção de futebol, um ato simbólico, mas em realidade está a vender nossas riquezas a preço muito abaixo de mercado.    O Brasil é um país com imenso território e um sem número de reservas de toda espécie. Mas uma a uma estão a ser vendidas a preço de bananas para tampar um rombo que não é de hoje, mas que de um ano para cá desde que um golpe, com aparência de legal colocou no poder um desgoverno que ao que parece veio com uma única finalidade, desmontar tudo que resta de nosso patrimônio. O regime militar com todos os defeitos procurou preservar algumas joias, como no caso da reserva ambiental assinada pelo general João Figueiredo e agora à venda a preço vil para tampar um imenso rombo e destruir nossa reserva florestal. Um presidente colocado no poder por um grupo que na sanha de arrecadar, com rara incompetência para gerir qualquer comércio de botequim, despeja discursos estapafúrdios que se assemelham à novilíngua do livro de George Orwell 1984, que chegou ao Brasil, ao que parece, para ficar por longo tempo.
O empolado e enrolado "supremo mandatário", que vive cercado por um raro grupo de suspeitos de todo o tipo de crimes de colarinho branco, uns poucos
Foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
trancafiados e outros, em número maior a zombar da justiça com beneplácito de um grupo de togados que mais se assemelham a uma Família de Vampiros, mas que em realidade sugam todo nosso sangue. A palavra de ordem é Reforma. A ordem é votar a favor da aprovação a toque de caixa, sem a mínima participação da população. Para o grupo palaciano pra que a opinião de 200 milhões se tem a "máquina", isto é um talonário de cheques para cobrir qualquer ideologia, que a bem da verdade estão bem escassas em terras tropicais. E quando o talonário vai ficando no final, vendemos alguma coisa.  É um país surreal, que vive na base do simulacro onde muito se fala mas pouco se diz. Em uma país em que a cultura do descrédito foi implantada passo a passo, onde o número de abstenções na última eleição foi o mais importante, embora os "democratas" ainda ficam apregoando as maravilhas do sufrágio universal, que na prática é muito pouco universal e bastante antidemocrático. No século passado durante a posse de Fernando Collor, talvez o mais ilustre convidado Fidel Castro, em um de seus longos discursos respondeu a uma pergunta insistente : Porque não havia eleições em Cuba, da mesma forma que em muitos países?  Fidel calmamente respondeu que o modelo usado dá uma aparente sensação de ser democrático, mas é influenciado por vários fatores e vários comprometimentos em que dificilmente seria eleito o melhor candidato. Muitas vezes o marketing simula o melhor candidato, que de fato é o pior.
O Brasil, como nos versos do poeta popular "Vem descendo a Ladeira", com péssimas administrações, com gatunos investidos de poder, com representantes do povo que não representam nem eles mesmos. Estamos no reino do Fufuca, do Índio, do Gato Angorá, do Pezão, no reino em que "O Rabo abana o Cachorro" e do jeito que a carruagem caminha, estamos quase no fundo poço, com poucas perspectivas de salvação, nem a curto nem a médio prazo. A solução é vender o Brasil, então caminharemos sorridentes para uma ladeira onde o final é um buraco sem fundo onde não existem vencedores nem vencidos. Todos no Brasil sairão derrotados.

21 de ago de 2017

JACAREZINHO E A "GUERRA AO TRÁFICO"

A "GUERRA NO JACAREZINHO"DEVERIA SER REPENSADA PREJUÍZOS SÃO MAIORES DO QUE RESULTADOS
SETE MIL HOMENS DAS FORÇAS DE SEGURANÇA CERCARAM  JACAREZINHO E MAIS SEIS FAVELAS REDUTOS DO COMANDO VERMELHO
SOLDADO DO EXÉRCITO PRESO SOB SUSPEITA DE VAZAR INFORMAÇÕES
A "GUERRA AO TRÁFICO" NO JACAREZINHO UMA FAVELA CONSIDERADA ZONA VERMELHA SÓ TEM AUMENTADO A VIOLÊNCIA
 MORADORES FAZEM PROTESTO E  PEDEM O FIM DOS CONFLITOS DE SANGUE
Alô, alô W/Brasil, Jacarezinho, avião, Jacarezinho, avião,
Cuidado com o Disco Voador
W/Brasil (Chama o Síndico) Jorge Ben Jor

A "Guerra ao Jacarezinho" deveria ser repensada. Um aparato enorme de sete mil homens que paralisou vários bairros, que deixa uma enorme população de oito favelas com reflexo em seu entorno, cujo efeito maior é psicológico ao impor o medo não é a maneira exata de desbaratar ou sufocar o narcotráfico. As oito favelas atingidas pertencem à rede criminal Comando Vermelho. As facções rivais fazem a festa com o enfraquecimento do CV. Os maiores prejudicados são os civis, aqueles que trabalham de sol a sol e que somente como na canção "Só quero ser feliz e viver em Paz". Escolas, centros de saúde, comércio, vias de acesso, igrejas, enfim tudo fechado em uma batalha inglória onde não existem vencedores nem vencidos, todos saem derrotados.
Sete mil homens do Exército, Força Nacional, Policia Federal e Policia Militar fizeram um cerco ao Jacarezinho, Manguinhos, Mandela e outras favelas para sufocar o narcotráfico e principalmente prender bandidos culpados pela morte do policial Bruno da CORE. Ao que parece houve vazamento e o soldado do Exército Mateus Ferreira Lajes foi preso pela acusação de passar informações, desta forma a megaoperação não teve o êxito esperado, nenhum fuzil foi apreendido. Mais de vinte e sete mil  crianças estão sem aula há vários dias e as escolas deverão ficar fechadas, por tempo indeterminado um enorme prejuízo para a educação.
  O Jacarezinho é considerado um bairro desde 1992, mas tem ainda na maior parte de seu território características de uma favela. Com população estimada em 70 mil moradores tem uma via férrea em suas proximidades e uma das vias mais usadas Avenida Don Helder Câmara. É considerada uma das "Zonas Vermelhas", conceito formulado pelo general Nilton Albuquerque Cerqueira quando de sua passagem como secretário de segurança, conceito oriundo da  Escola Superior de Guerra-ESG para rotular regiões de alta periculosidade. Em outubro de 2012 foi implantada uma Unidade de Pacificação-UPP, mas que nunca conseguiu realizar sua finalidade que foi implantar a paz entre os moradores e os bairros limítrofes. A continuação do projeto de pacificação era implantar a UPP Social, que na realidade nunca saiu do papel, embora organismos internacionais em um Congresso em Medellin, Colômbia tenham premiado o projeto e seus responsáveis.
foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
  Desde os anos 70 que a Favela do Jacarezinho abriga um núcleo de violência, que não é uma característica somente da favela, mas de várias regiões da cidade do Rio de Janeiro. Um grupo de bandidos denominado Falange do Jacaré, oriundos da região, dominavam a ferro e fogo o presídio da Ilha Grande explorando outros presos quando após uma noite sangrenta foram exterminados por um outro grupo, que passou a dominar não só o presídio da Ilha, mas os outros estabelecimentos prisionais, a Falange Vermelha, embrião da rede criminal Comando Vermelho que apesar da concorrência ainda é a maior rede criminal do estado. Estima-se que mesmo com a implantação de uma UPP o narcotráfico, leia-se o CV, domina boa parte de seu território com mais de duzentos e cinquenta "soldados" muito bem armados, e um número incontável de colaboradores, alguns pelo fascínio das armas e outros pelo medo de serem hostilizados. Parte da população, mergulhada em um total abandono pelos governantes admira e mesmo em alguns casos idolatra os eventuais "donos do morro" como seus heróis, como no caso só para citar um exemplo de "Meio Quilo" cultuado até hoje como um verdadeiro herói. Paulo Roberto Moura, o Meio Quilo,  ficou conhecido ao chefiar o tráfico tendo por base o Jacarezinho. Ele pertencia ao Comando Vermelho e formava um trio com seus amigos Gregório, o Gordo e José Carlos Reis Encina, o Escadinha e ganhou muita notoriedade  ao ter um caso amoroso de grande repercussão na época com a bela jovem Maria Paula que era filha de um vice-governador. Meio Quilo tentou uma fuga espetacular da Frei Caneca em 1987,  seria  resgatado por helicóptero que foi abatido a tiros.  Foi levado muito ferido para o Hospital Souza Aguiar, morreu horas depois.    Era idolatrado pelos  moradores e  seria eternizado com uma estátua comemorativa para ser sempre reverenciado pelos locais. Mas a homenagem foi reprimida e a estátua foi destruída pelo aparelho policial após um intenso conflito. 
No Réveillon de 1988/1989 fui designado pelo jornal O Dia para fazer uma cobertura de como se diverte um morador do Jacarezinho na passagem do ano. Eu, a repórter e o motorista fomos escorraçados, apesar da tentativa de dialogar. Se fosse hoje, nos tempos cinzentos do século XXI não estaria aqui ao escrever essas linhas. Teria sido executado. Os tempos são outros. A descrição da aventura de cobrir um final de ano em uma favela sem nada ter sido acertado está descrito em post  no blog Insider2  com o título "Um Réveillon no Jacarezinho" em postagem recente. 
O Jacarezinho pode ser analisado como uma implantação de um projeto em uma grande favela pode não atingir seus objetivos. Aqui a pacificação não veio e a violência tem atingido índices insuportáveis há algum tempo. Os confrontos tem sido diários com muitas vítimas entre mortos e feridos, principalmente depois da morte do policial civil da CORE Bruno Guimarães Buhler em uma incursão policial. Invasões pelas forças de segurança tem se sucedido para prender os assassinos do policial. Tem havido forte resistência dos narcotraficantes que estão espalhados pela imensa favela plana, ao redor do rio Jacaré, que corta boa parte do Jacarezinho e ainda recebem um apoio de homens e armas dos aliados da vizinha Favela de Manguinhos, dominada pela mesma rede criminal.  Moradores falam que a "Operação Jacarezinho" é uma vingança policial pela morte de Bruno, muito querido por seus muitos amigos  e que as invasões vão causar muitas mortes de pessoas inocentes que só querem viver suas vidas sem ser ameaçados. A quase totalidade dos moradores só espera  poder sair para seus locais de trabalho e poder voltar em paz para suas casas à espera de dias melhores que nos seus pensamentos terão de vir, nem que seja em um futuro tardio.

7 de ago de 2017

BRASILEIRÃO 2017 SEGUNDO TURNO

 FLAMENGO JOGA MAL E FICA LONGE DO G4 DA LIBERTADORES E FLU PERDE DA CHAPECOENSE
VASCO 1X1 CORITIBA NO MARACANÃ NA ABERTURA DA RODADA
NA RODADA ANTERIOR CORINTHIANS NÃO SAI DO ZERO COM O  GRÊMIO MAS AINDA MANTÉM A LIDERANÇA,  BOTAFOGO JOGA MUITO MAL E SÓ CONSEGUE EMPATE NO FINAL
 
Vasco empata com o Coritiba e tem poucas chances  de chegar ao G4 da Libertadores. O Flamengo enfrentou o São Paulo jogou muito mal e perdeu de 2x0 e se afastou do grupo dos quatro que vão direto para a Libertadores. O tricolor carioca perdeu para a Chapecoense e volta a ficar próximo à zona de rebaixamento.  Corinthians, Palmeiras e Santos já estão praticamente garantidos. Hoje à noite o Botafogo enfrenta o líder Corinthians em jogo difícil.
Na rodada anterior o Corinthians poderia ter decidido o campeonato no jogo com o Grêmio mas não saiu do 0X0, mas continua na frente com ampla diferença. O Botafogo tem decepcionado e só arrancou empate por 1x1 aos 50 minutos do segundo tempo. O time vem caindo de produção desde a eliminação da Libertadores e dificilmente vai ficar entre os seis primeiros colocados. O Vasco venceu Atlético-GO e se aproxima do G6 com a terceira vitória seguida e grande atuação do goleiro Martin Silva. Corinthians enfrenta o Grêmio segundo colocado e se vencer está praticamente com a faixa de campeão garantida.
O Santos tinha tudo para se aproximar do Corinthians que perdeu mais um jogo, mas cedeu empate para o Vitória e foi vaiado pela sua torcida. Nos outros jogos Vasco1X0 Botafogo com gol de Nenê e muitas reclamações dos jogadores do Botafogo. O Glorioso não tem nenhum jogador fora de série, com exceção talvez do goleiro Gatito, e aposta em seu jogo coletivo, que não tem resolvido desde a eliminação na Libertadores. Já o Vasco tem um conjunto razoável e um craque Nenê que sempre tem resolvido. Flamengo enfrentou e venceu a Chapecoense e Fluminense 1X0 Avaí.
Na rodada anterior  o Glorioso já mostrava um declínio de produção que tem preocupado seu treinador Jair Ventura e decepcionado os torcedores e só conseguiu a vitória frente a Chapecoense com gol de Vinicius Tanque no ultimo minuto da prorrogação, mas continua na luta por uma vaga na Libertadores da América. O Cruzeiro fez 2x1 na Ponte Preta no Mineirão no único jogo da rodada devido aos jogos da seleção brasileira nas eliminatórias da Copa 2018. Times cariocas se deram mal na 27a rodada, nenhum conseguiu vencer. O Flamengo no complemento da rodada perdeu da Ponte Preta e o poderia ser pior. É lamentável que um clube que investiu alguns milhões não consiga pontuar. O Botafogo perde do Vitória aos 51 minutos e deixa sua torcida irritada com a derrota. O tricolor carioca perdeu por 1x0 para o Grêmio e fica perto da degola. Em rodada anterior o Botafogo esqueceu a saída da Libertadores e jogou com muito esforço e venceu por 3X2 o Coritiba e passou para o sexto lugar. O Flamengo decepciona e não sai de um empate com o Avaí, um dos últimos colocados e o Fluminense foi batido pelo Palmeiras e despenca na tabela.  Corinthians e São Paulo empataram, e o Timão continua na frente com vários pontos de vantagem.
Na rodada anterior uma vergonha que coloca sérias dúvidas na lisura do Brasileirão que beneficia o Corinthians e prejudica o Vasco que sofre um gol de mão feito pelo atacante Jô. Eurico vai virar a mesa e muitas vezes tem razão quanto a determinados erros de arbitragem. O Botafogo fez 2x0 no Santos na abertura da rodada com gols de Rodrigo Lindoso e Guilherme e subiu na tabela, embora ameaçado por Flamengo e Cruzeiro. O líder Corinthians que não tem vencido seus últimos jogos enfrenta o Vasco.
Na última rodada o Santos foi o grande vencedor da rodada, beneficiado pelas derrotas de Corinthians e Grêmio. O Botafogo venceu o Flamengo por 2x0 e o Fluminense empatou com Vitória. Na rodada anterior o Grêmio enfrentou o Sport Recife para completar a rodada e se aproximar do Corinthians líder absoluto e aplicou uma goleada de 5x0 e diminuiu a diferença para sete pontos, mas sábado ao perder do Vasco por 1x0 tornou a se distanciar.  O líder do campeonato caiu frente ao Atlético de Goiás por 1x0 e diminui a distancia de seus competidores, mas continua na liderança. Caiu mais um técnico. Eurico Miranda demitiu o treinador Milton Mendes após a goleada sofrida pelo Vasco frente ao Bahia e contratou Zé Ricardo que foi recentemente demitido do Flamengo.  O Corinthians venceu a Chapecoense após  perder para um dos últimos colocados o Vitória, mas mesmo assim continua líder absoluto, beneficiado pelo empate do Grêmio. O Flamengo para sair da crise após série de derrotas  e contratar uma média de quatro jogadores para uma posição  contratou Reinaldo Rueda, técnico colombiano  vitorioso e campeão da Taça Libertadores 2016. O Corinthians que não era considerado o favorito para erguer a taça está com quase uma das mãos para ergue-la em dezembro. Os grandes favoritos eram Flamengo e Palmeiras, clubes que mais contrataram e gastaram o que podiam e o que não podiam. O Grêmio e o Santos poderiam chegar lá mas a maioria temia o rubro negro carioca. O Flamengo formou um elenco milionário, onde um dos jogadores o atacante  Paolo Guerrero ganha um pouco mais de R$ 1milhão, e continuou contratando jogadores caros no mercado da bola, como Diego, Diego Alves e Muralha, ambos goleiros da seleção brasileira. Contratou Berrio, Traucco, enfim uma contratação atrás da outra, mas não conseguiu formar um time coeso e após uma série de insucessos fez o mais fácil, demitiu o treinador Zé Ricardo, que veio desde as categorias de base e tinha quinze anos de Flamengo e mais de um ano como treinador.
Arena Maracanã foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
 
Os erros do rubro negro são muitos entre outros levar seus jogos para um campinho onde cabem pouco mais de dez mil pessoas sob o argumento de pressionar seus adversários a jogar no "alçapão do urubu", renegando o Maracanã por burrice de seus dirigentes e o Engenhão por outra bobagem, em uma rivalidade absurda com o Botafogo que já resultou em resultados funestos. Vanderley Luxemburgo o técnico que mais venceu no Brasileirão definiu o Flamengo atual: "A diretoria não sabe nada de futebol, mas pensa que sabe e quer que todo o mundo diga amém". Em parte o "Velho Luxa" tem razão, a entrada em massa de economistas e falsos economistas como presidentes de clubes e diretores de futebol na maioria das vezes não tem dado certo. No futebol como diz o velho ditado "O buraco é mais em baixo", e o jogo da bola não é somente uma peça de uma entidade abstrata chamada mercado, mas envolve paixão, cultura, alegria e até questões geopolíticas. Os "boleiros" estão fazendo falta.
Outra grande decepção até agora tem sido o São Paulo, que insiste em não sair da zona de rebaixamento com um elenco caro e com a tradição de ser sido campeão mundial de clubes, mas tem tido atuações pífias. Luxemburgo fez o contrário do que muitos economistas julgam, conseguiu colocar o Sport de Recife entre os grandes do futebol e tem mostrado que com um time barato pode formar um bom elenco e terminou a primeira fase em sexto lugar na zona da Libertadores. 
Vai começar no sábado a segunda parte do grande drama do futebol brasileiro, onde ao que parece o Corinthians vai chegar lá no pódio, conseguiu a proeza de terminar o primeiro turno sem perder de ninguém, uma façanha. O Flamengo que amarga mais uma crise, que vem sendo cobrado desde a eliminação precoce da Libertadores, seu grande sonho, pode dar adeus ao título, somente um milagre pode ajudar o rubro negro. Dezoito pontos o separam do Corinthians e tem ainda Grêmio, Santos e Palmeiras para serem superados. O que também está praticamente certo é a volta para a segundona do Atlético de Goiás que insiste em não sair da lanterna.

6 de ago de 2017

O LEGADO OLÍMPICO SONHO OU PESADELO?

PRESIDENTE DO COMITÊ OLÍMPICO ENVOLVIDO EM UMA OPERAÇÃO QUE APURA IRREGULARIDADES NA ESCOLHA DO RIO PARA SEDE DA OLIMPÍADA
UM ANO DEPOIS A "MAIOR OLIMPÍADA DE TODOS OS TEMPOS" FOI UMA VITÓRIA, UMA TRAGÉDIA OU UMA FARSA?
O QUE PODERIA SER O MAIOR LEGADO SEQUER FOI INICIADO A BAIA DE GUANABARA QUE CONTINUA UM IMENSO ESGOTO
                   Tristezas não tem Fim. Felicidade Sim
                                                  Vinicius de Morais
A cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro comemora, ou quem sabe lamenta a realização da Olimpíada 2016, que completou um ano dia 5 de agosto. A policia Federal e o Ministério Público iniciaram na manhã de terça dia 05/09/2017 a "Operação Unfair Play", ou seja "Jogo Sujo", para apurar se houve compra de votos para o Rio sediar a Olimpíada 2016. O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro-COB Carlos Arthur Nuzman está sendo chamado para depor e os federais fizeram busca e apreensão de documentos em sua residência. Duas pessoas já foram presas e conduzidas para a sede da Policia Federal. Nuzman está sendo acusado de ser o elo de ligação entre as pessoas interessadas na escolha do Rio como sede dos Jogos Olímpicos, onde quase tudo seria superfaturado.
O ex-prefeito Eduardo Paes é réu por uma ação movida pelo Ministério Público por improbidade administrativa em relação a uma licença para um campo de golfe durante os Jogos Olímpicos. O que poderia ser o maior legado para a população sequer foi iniciado, a despoluição da Baía de Guanabara, embora os atletas tivessem inclusive ameaçado de não competir. A bela Baia para uns e uma "Boca Banguela" para o antropólogo Levy Strauss continua um imenso esgoto.
museu do amanhã foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved

 Obras intermináveis, outras entregues  inacabadas, alguma coisa foi entregue a toque de caixa para realizar em um enorme esforço e sacrifício de mais oito milhões de habitantes a "maior olimpíada de todos os tempos, como apregoaram Eduardo Paes, Nuzman eos disrigentes do Comitê Olimpico Internacional. Ficaram a linha 4 do Metro, que vai até o Jardim Oceânico na Barra, o Boulevard Olímpico, a Nova  Praça XV com o Túnel Marcelo Alencar que melhorou o transito no acesso da Zona Portuária até o Aterro, o belo Aquário, o futurista Museu do Amanhã, o Porto Maravlha com a revitalização do centro da cidade em especial a Rio Branco como  Veículo Leve Sobre Trilhos-VLT, que serve em especial turistas que visitam a cidade. Mas em contrapartida enorme malversação de recursos destinados à saúde, educação, segurança enfim sumiram com uma verba bilionária.
foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
A própria Linha 4 ficou inacabada, a estação da Gávea não saiu do papel, sob alegação que o dinheiro foi insuficiente, mas a verdade que houve enorme superfaturamento do grupo chefiado pelo então governador Sérgio Cabral, que sob acusação de 'chefe de quadrilha" amarga prisão em Benfica, depois de uma temporada no Complexo Prisional de Gericinó, levando a reboque vários irmãos camaradas como o médico Sérgio Cortez. A formação de atletas para levar ao pódio dezenas de jovens em futuras competições foi mais um engodo, assim como muitas arenas e locais de competições foram abandonadas.
A prisão de um dos homens de confiança do Ex-prefeito Eduardo Paes o então secretário de Obras Alexandre Pinto na "Operação Rio 40 Graus" por ordem do juiz Marcelo Bretas veio trazer á tona o que todos suspeitavam, um grande esquema de corrupção na série de obras que foram feitas na cidade, em todos os quadrantes como preparativos para os Jogos Olímpicos, em especial o BRT Transcarioca. O saque aos cofres públicos feitos pela administração Paes leva suspeitas á todo o grupo que assim como a organização criminosa estadual pertence a um mesmo partido, o PMDB,que quis transformar a cidade ao fazer uma bela mas dispendiosa maquiagem em uma megalópole  de oito milhões de habitantes, mas em que mais de dois milhões vivem em condições sub humanas em habitações populares que lutam para sobreviver em condições precárias à espera do Programa de Aceleração do Crescimento-PAC, programa que em muitas situações não saiu do papel.
~Linha 4 foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved
O que causa espécie em toda a manobra é que os Jogos foram um sucesso mais para projetar o Rio de Janeiro e seus governantes nos três escalões  no cenário internacional, mas que infelizmente trouxe mais prejuízos do que benefícios para uma imensa população. Uma das obras símbolo foi o paradigmático teleférico do Morro do Alemão, onde quinze favelas lutam para sobreviver na linha da miséria, mas que teve um comentário jocoso da poderosa Cristine Lagarde do Fundo Monetário Internacional-FMI. Cristine em visita guiada ao Alemão, resolveu passear no bondinho e se sentiu, segundo suas declarações, "Como se estivesse nos Alpes Suíços". Poderia ser trágico ou cômico segundo o ponto de vista de cada um da mesma forma que o Legado Olímpico pode ser visto como uma vitória, uma tragédia ou quem sabe uma rotunda  farsa.

4 de ago de 2017

ESTÁCIO CHORA: MORREU LUIZ MELODIA

SAMBA DE LUTO, MORRE LUIZ MELODIA
VELÓRIO FOI NA QUADRA DE SUA ESCOLA DE CORAÇÃO GRES ESTÁCIO DE SÁ
QUE JÁ SE CHAMOU UNIDOS DO SÃO CARLOS
Se alguém quer matar-me de amor
Que me mate no Estácio
              Estácio, Holly Estácio de Luiz Melodia
Luiz Carlos dos Santos, o Luiz Melodia morreu na madrugada de 4 de agosto aos 66 anos. O filho de Osvaldo Melodia  estava internado no Hospital Quinta D'Or para tratamento de um câncer na medula. As últimas homenagens estão sendo prestadas na Quadra da Estácio de Sá parentes, amigos e músicos foram reverenciar o "Negro Gato". Suas músicas foram cantadas pelas pessoas emocionadas como uma última despedida. Ao som de seus inúmeros sucessos os músicos Silvério Pontes e Alexandre Romanazzi que gravaram com ele para a gravadora Biscoito Fino choravam emocionados pela partida do amigo.
Velório na Quadra da Estácio foto Alcyr Cavalcanti

Conheci Luiz Melodia em um  distante 1973 para uma reportagem em destaque para o jornal Ultima Hora, estava acompanhado do repórter Claudio Vieira e a ideia era  passear com ele na  antiga Zona de prostituição no Estácio, a "Zona do Mangue", um ponto de encontro da boemia carioca,  onde hoje está situada a Cidade Nova. Na época para isolar o espaço de prostituição, uma área segregada do resto de uma cidade em transformação  havia um tapume.
Luiz Melodia no Mangue photo Alcyr Cavalcanti allrights reserved
 
Melodia havia sido criado no Morro de São Carlos, no Estácio, o berço do samba, onde foi criada a primeira agremiação de samba a Deixa Falar de Ismael Silva, seu filho mais ilustre.  Dona Eurídice,  sua mãe tinha uma barraquinha no Estácio para ajudar o orçamento da casa. Em meio a nossa caminhada no meio das mulheres da chamada "vida fácil", uma delas espantada pela deferência que tínhamos com o cantor ainda pouco conhecido falou com firmeza e muito preconceito: "quem será esse neguinho que os repórteres estão levando". Mal sabiam elas que era bem mais que um simples "neguinho", mas era uma honra para nós poder conviver com um gênio da música.  Era o início de uma carreira de um dos maiores compositores brasileiros que deixou um legado de  músicas inesquecíveis como Estácio, Holly Estácio, Pérola Negra, Estácio Eu e Você, Juventude Transviada.  Daí em diante uma série de sucessos.
Zona do Mangue tinha tapume foto Alcyr Cavalcanti all rights reserved

Anos depois encontrei com Melodia, ele já um sucesso musical, e eu já um experiente fotojornalista. O encontro foi em um bar na Gávea, Academia da Cachaça, acho eu que era o nome, para uma reportagem sobre ele e o lançamento de um novo disco. Conversamos muito e rendeu um bom registro jornalístico. Infelizmente não só a música popular mas o Brasil perde mais um verdadeiro artista. Seu corpo vai ser velado na Quadra de sua escola de coração a GRES Estácio de Sá, que já se chamou Unidos do São Carlos.

obras do pac

obras do pac
inicio de obras ao lado do ciep ayrton senna